VOLKSWAGEN TOUAREG R-LINE NO BRASIL

Fotos: Volkswagen/Pedro Dantas



É fato público e notório que o Volkswagen Touareg e o Porsche Cayenne são primos entre si, têm a mesma carroceria e suspensão, só que são fabricados em Bratislava, na República Eslovaca, e em Leipzig, na Alemanha, respectiva e curiosamente ambas cidades do bloco comunista até que a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) começasse a desmoronar em 9 de novembro de 1989, data do início da derrubada do Muro de Berlim. Pode-se dizer que é mais um caso de "engenharia de emblema", mas nem por isso os dois utilitários esporte não têm luz própria. Pelo contrário, têm e bastante.

Durante a apresentação à imprensa nesta quinta-feira em Santo Antônio do Pinhal (SP), um jornalista questionou o gerente de marketing da Volkswagen, Henrque Sampaio, se não era inútil a popular marca bater de frente com a sofisticada Porsche, baseado no fato que era mais importante mostrar para os vizinhos e para os amigos um carro com o emblema da égua empinada do que com o do círculo com as letras "V" e "W" superpostas. Na hora, ante a embaraçosa pergunta, pensei em responder pela Volkswagen, mas é claro que não teria nada a ver. Eu teria respondido que 1) nem todo mundo é besta e 2) na hora de precisar de assistência técnica (todo carro precisa) a grande rede de concessionárias Volkswagen vale muito mais, pelo tamanho, do que a diminuta rede da marca de Stuttgart.

O gerente de marketing deu uma resposta delicada (como deve ser sempre), falando nos tópicos habituais como fidelidade à marca, públicos diferentes, preço e direito de escolha, entre outros. O fato é que o Touareg é um belo produto na sua categoria e quem não é dado a exibicionismo não terá do que se queixar se adquirir um. Pelo contrário.

Conforto mesmo sobre os maus caminhos

R-Line é a marca de grife da Volkswagen, que visa personalização, maior luxo e visual diferenciado, mas é também uma "grife de potência", justamente o que marca de Wolfsburg está buscando, à imagem e semelhanca da divisão Motorsport (M) da BMW e AMG, da Mercedes-Benz. Na Europa pode-se comprar o Golf R e o Scirocco R, ambos dotados de potentes motores, 265 cv e 270 cv, respectivamente.

Tudo é feito por uma subsidiária do Grupo Volkswagen, criada em março de 2010, a R GmbH (limitada, em alemão), em Warmenau, próximo a Wolfsburg, uma organização de cerca de 400 funcionários. O primeiro R-Line a chegar aqui foi o Passat CC R-Line, no começo do ano passado. Agora é a vez do Touareg R-Line.

O Touareg foi o primeiro suve da Volkswagen, surgido em 2002, junto com o Cayenne. No Brasil, primeiro veio o V-8, em 2004, dois anos depois o V-6. O R-Line ora lançado vem com rodas de 20 polegadas de desenho exclusivo, e o carro em que andei estava com pneus Goodyear Eagle F1 SUV 275/45R20W. Traz também bancos e volante esportivos, sistema de visualização da carroceria, de cima, o Area View, sistema de áudio Dynaudio Confidence. E, claro, motor V-8 de 4,2 litros e 360 cv atrelado a câmbio automático epicíclico de oito marchas Aisin. A tração é 4Motion, nas quatro rodas, e a suspensão é pneumática. A lista de equipamentos é extensa, veja a relação no final.

Grande espaço interno e bom-gosto marcam o interior do Touareg R-Line

O preço público sugerido do Touareg R-Line é R$ 333.700. Com os três opcionais – teto solar panorâmico, controlador automático de velocidade de cruzeiro adaptativo e assistente de ponto cego – chega a R$ 360.000. O V-6 de 280 cv custa R$ 254.000.

O Touareg tem vários destaques. Seu motor V-8 com bloco e cabeçotes de alumínio, 4.163 cm³, duplo comando e quatro válvulas por cilindro, garante o espetáculo. São 360 cv a 6.800 rpm e 45,4 m·kgf a 3.500 rpm. Elasticidade de sobra, para o que a elevada taxa de compressão de 12,5:1 – das mais altas no mundo a gasolina de hoje – contribui em grande parte. Mesmo com o peso de brutamontes, 2.075 kg em ordem de marcha, são apenas 5,8 kg/cv de relação peso-potência. Resultado: 0 a 100 km/h em 6,5 segundos. E pode chegar a 245 km/h, mesmo que a aerodinâmica jogue contra, com Cx 0,37 e a colossal área frontal de 2,80 m².

Indo de Santo Antônio do Pinhal e Campos do Jordão, o GPS de bordo chegou a acusar altitude de 1.700 metros e o motor pareceu insensível à menor pressão atmosférica, quando a essa altitude a potência de qualquer motor de aspiração natural é 17% menor. Fora o que a suavidade e o som contínuo deste V-8 de virabrequim plano empolgam (muitos V-8, de Mercedes inclusive, têm o virabrequim com as manivelas a 90°, por isso emitindo o som rasgado típico de V-8 americano). 

O câmbio automático Aisin funciona muito bem, não tão seco e rápido quanto um robotizado de duas embreagens, mas não deixa nada a desejar. Com V1000, em oitava marcha, de 57,3 kmh, a 120 km/h escuta-se o leve sussuro do V-8 a 2.200 rpm.

Mesmo sem dispor de reduzida na transmissão, o Touareg V-8 supera rampas de até 60%, possibilitando utilização em caminhos difíceis. 

Não é obviamente um veículo frugal em combustível, pelas suas características já comentadas. A Volkswagen não pôde divulgar consumo por o veículo se encontrar em fase de medição do consumo sob supervisão do Inmetro, mas dados europeus falam em1 L/5,1 km na cidade e 1 L/9,3 km na estrada com a gasolina sem álcool deles. Aqui deve ser um pouco mais, embora nessa categoria (e preço) de veículo esse aspecto não pese muito. Além disso, o tanque de 100 litros ajuda a ir mais longe, na maior parte dos casos sem precisar reabastecer.

Outro destaque é a suspensão, tanto pela geometria quanto pelo seu meio elástico, o ar. É claro que os pneus de 275 mm de seção ajudam, lembrando que mesmo com perfil 45 a altura de flanco de 123 mm promete resistência na nossa buraqueira. O grande diâmetro da roda completa, 755,6 mm, deixa-a menos sensível ao piso irregular, traduzindo-se em conforto de rodagem, além de permitir atravessar trechos alagados com facilidade.

A suspensão pneumática, além do nivelamento automático independente da carga a bordo, possui quatro niveis de altura de rodagem, de abaixar consideravelmente para facilitar embarque/carregamento a expressivo vão livre em situtações difíceis de piso, mais 40 mm que a normal. A partir da altura de rodagem padrão, ao atingir 100 km/h o veículo abaixa 20 mm automaticamente para menor arrasto aerodinâmico e mais estabilidade. O controle de amortecimento pelas bolsas de ar (não há amortecedores no sentido estrito) possui ajuste de conforto, normal e dinâmico.

Com tudo isso e mais toda a borracha no chão, o Touareg pode ser dirigido com desenvoltura em trechos sinuosos como o da estrada secundária, porém perfeita, que liga Santo Antônio do Pinhal a Campos. do Jordão. Foi difícil acreditar que um veículo desse porte e peso pudesse ser dirigido de maneira tão rápida nas curvas. As enormes bitolas (1.656/1.676 mm dianteira e traseira) com certeza têm a ver com isso, bem como a direção das mais rápidas que conheço, de relação 12,6:1.

Entre os itens de segurança destacam-se o controlador automático de velocidade de cruzeiro adaptativo opcional, que mantém a distância do carro a frente e chega mesmo a fazê-lo parar, se necessário; o Front Assist, ou assistente de dianteira, integrado ao controle adaptativo, que ajuda a evitar colisões frontais, mesmo que aquele esteja desligado, ao monitorar o tráfego à frente entre 30 e 200 km/h: ao detectar necessidade de freada intensa um alarme visual e outro sonoro são emitidos, além de aproximar as pastilhas dos discos de freio; e o importante detector de fadiga, que reconhece, pelo modo de dirigir, o motorista cansado, emitindo alerta visual no painel sugerindo que pare e descanse. Se ele não parar, há novo alerta em 15 minutos.

Há um item de comodidade que todo carro deveria ter, a leitura a bordo do nível do óleo do motor, num adeus definitivo à arcaica vareta medidora. E não menos cômodo é o fechamento elétrico da porta de carga, bastando apertar um botão nela própria. Mas bem que o pára-brisa poderia ter faixa degradê, ao que parece banida para sempre dos produtos da Volkswagen alemã.

Os leitores ou quem me conhece sabem que sou do automóvel (sedã, hatchback ou perua), mas se por qualquer motivo minha cabeça mudasse e eu decidisse por um suve, esse Touareg V-8, R-Line ou normal, estaria no topo da minha lista. Mesmo com emblema de carro do povo.

BS



FICHA TÉCNICA VOLKSWAGEN TOUAREG R-LINE

MOTOR
Tipo
Ignição por centelha, 4 tempos
Instalação
Dianteiro, longitudinal
Material do bloco/cabeçotes
Alumínio
Configuração / n° de cilindros / n° de mancais
Em "V" / 8 / 5
Diâmetro x curso (mm)
84,5 x 92,8
Cilindrada (cm³)
4.163
Aspiração
Atmosférica
Taxa de compressão
12,5:1
Potência máxima (ISO 1585) cv/rpm
360 / 6.800
Torque máximo (ISO 1585) m·kgf/rpm
45,4 / 3.500
N° de válvulas por cilindro
4
N° de comando de válvulas /localização
2 / cabeçote
Formação de mistura
Injeção eletrônica direta
Gerenciamento do motor
Bosch Motronic MED 17
ALIMENTAÇÃO
Combustível
Gasolina E22 de 95 ou 98 octanas RON
TRANSMISSÃO
Rodas motrizes
Quatro, tração integral permanente 4Motion
Câmbio
Automático epicíclico tiptronic
N° de marchas
8 à frente e uma à ré
Relações das marchas
1ª. 4,845; 2ª. 2,840; 3ª.1,864; 4ª.1,437; 5ª. 1,217; 6ª 1,000; 7ª 0,816; 8ª 0,672 ré 3,825
Relação de diferencial
3,700
Velocidade por 1.000 rpm em 8ª (km/h)
57,3
FREIOS
De serviço
Hidráulico, duplo circuito em diagonal, servoassistido, ABS com distribuição eletrônica
Dianteiro
Disco ventilado, 360 mm Ø
Traseiro
Disco ventilado, 330 mm Ø
De estacionamento
Mecânico, ação sobre as rodas traseiras
SUSPENSÃO
Dianteira
Independente, braços tranversais duplos superpostos com subchassi, mola pneumática e barra estabilizadora de 37 mm Ø
Traseira
Independente, braços tranversais duplos superpostos com subchassi, mola pneumática e barra estabilizadora de 23,6 mm Ø
DIREÇÃO
Tipo
Pinhão e cremalheira, assistência hidráulica
Diâmetro mínimo de curva (m)
11,9
Relação de direção
12,6:1
Voltas entre batentes
2,63
RODAS E PNEUS
Tipo e dimensões
Alumínio 9Jx20, 275/45R20W
PESOS (kg)
Em ordem de marcha (kg)
2.075
Carga máxima (kg)
775
CARROCERIA
Tipo
Monobloco em aço, utilitário, quatro portas, cinco lugares
DIMENSÕES EXTERNAS (mm)
Comprimento
4.795
Largura sem/com espelhos
1.940 / 2.208
Altura
1.709
Distância entre eixos
2.893
Bitola dianteira/traseira
1.656 / 1.676
AERODINÂMICA
Coeficiente de arrasto (Cx)
0,37
Área frontal (m²)
2,80
Cx x A (m²)
1,04
CAPACIDADES (L)
Porta-malas conforme ISO 3832 (V210)
520 a 1.642
Tanque de combustível
100
DESEMPENHO
Velocidade máxima (km/h)
245 (em 6ª marcha)
Aceleração 0-100 km/h (s)
6,5
MANUTENÇÃO
Revisões (km)
10.000 / 6 meses
Troca de óleo do motor (km/tempo)
10.000 / 6 meses
GARANTIA
3 anos


 

EQUIPAMENTOS VOLKSWAGEN TOUAREG R-LINE

COMPONENTES MECÂNICOS

Motor V-8 TSI de 360 cv e 45,4 m·kgf
S
Câmbio automático epicíclico de 8 marchas tiptronic
S
Direção assistida hidráulica
S
Pneus 275/45R20W
S
Suspensão pneumática
S
Tração nas quatro rodas 4Motion
S
EXTERIOR
S
Antena de teto traseira
S
Barras longitudinais no teto (prata)
S
Defletor traseiro com desenho exclusivo
S
Emblema R-Line nos pára-lamas dianteiros
S
Grade, contorno das janelas e soleira com frios cromados
S
Insertos cromados na grade
S
Novo defletor na dianteira
S
Pára-choques e saias laterais cor da carroceria com desenho exclusivo
S
Ponteiras (2) do escapamento cromadas
S
Rodas de alumínio Mallory de 20 pol.
S
INTERIOR
S
Acendedor de cigarros, cinzeiro no console dianteiro e cinzeiros nas portas traseiras
S
Ajuste elétrico (12) dos bancos dianteiros com 3 memórias no do motorista
S
Alavanca seletora de câmbio de couro e com detalhes de alumínio
S
Aplique de alumínio no painel, laterais das portas e console central
S
Aquecimento nos bancos dianteiros
S
Ar-condicionado digital Climatronic de 4 zonas
S
Banco traseiro bipartido, com ajuste de distância e de inclinação do encosto
S
Bancos de couro em dois tons
S
Borboletas para troca de marcha no volante
S
Cabo para conexão de iPod
S
Descansa-braço traseiro com dois porta-copos
S
Descansa-braços individuais nos bancos dianteiros
S
Emblema R-Line nas soleiras das portas, em aço inoxidável
S
Emblema R-Line no volante e nos apoios de cabeça dianteiros
S
Iluminação na região dos pés e luz de embarque nas portas
S
Jogo de tapetes adicional
S
Luzes de leitura dianteiras e traseiras
S
Pára-sóis com espelho e iluminação
S
Porta-copos (2) no console central
S
Porta-luvas com chave e saída de ar-condicionado no seu interior
S
Porta-objetos com tampa sobre o painel
S
Rádio RNS850 (DVD, MP3 e navegação) com Bluetooth e comando de voz
S
Sapatas de pedais de aço inoxidável
S
Sistema de áudio premum Dynaudio Confidence com amplificador digital de 12 canais e potência total de 620 W
S
Tomadas 12-V no console central dianteiro e traseiro, e porta-malas
S
Volante multifuncional de desenho esportivo, revestido de couro e com aquecimento
S
SEGURANÇA
S
Apoios de cabeça dianteiros com ajuste de altura e distância
S
Assistência hidráulica dos freios
S
Bloqueio eletrônico de diferencial
S
Bolsas infláveis frontais, laterais e de cortina
S
Cintos de segurança traseiros de 3 pontos (3)
S
Controle de estabilidade
S
Controle de tração
S
Desativação da bolsa inflável do passageiro
S
Freios antitravamento
S
Luz traseira de neblina no defletor
S
Sensor de fadiga
S
Sistema de alarme por ultrassom
S
FUNCIONAIS
S
Abertura da tampa de carga por controle remoto e fechamento elétrico por botão
S
Acionamento elétrico dos espelhos externos, rebatimento elétrico, do motorista com escurecimento automático
S
Acionamento elétriico um-toque dos vidros das portas
S
Ajuste de altura e distância do volante
S
Ajuste dinamico do facho dos faróis
S
Area View (conjunto de 4 câmeras externas)
S
Assistente de arrancada em rampa
S
Assistente de ponto cego nos dois lados
O
Botão de partida com chave de presença
S
Computador de bordo com mostrador em cores
S
Controlador automático de velocidade de cruzeiro
S
Controlador automático de velocidade de cruzeiro adaptativo
O
Controle da pressão dos pneus
S
Controle eletrônico de amortecimento
S
Destravamento das portas sem chave
S
Faróis bi-xenônio direcionais com iluminação diurna a LEDs
S
Freio de estacionamento eletrônico com função de aplicação automática em rampas
S
Função aproximar-se/afastar-se do veículo com iluminação
S
Indicador digital do nível de óleo do motor
S
Sensor de chuva
S
Sensores de aproximação de obstáculos dianteiro e traseiro, com câmera traseira
S
Teto solar elétrico panorâmico Skyview
O


S = série   O = opcional



87 comentários :

  1. Bob, a "trollada" em cima do gerente foi muito boa, hehehe.
    Não sou fã de SUVs e nunca teria um por achar uma estate muito mais interessante, leve e prática, mas é impossível não reconhecer os bons atributos da Touareg.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tonto você que não sabe o que está perdendo!!

      Excluir
    2. E mesmo muito legal esse carro,imagina com umas roda aro 40 socado no chão !pra fecha só colocando um sonzão com 40 cornetas hehe!

      Excluir
  3. Ótima troca, pelo preço de um Cayene v6 dá pra levar o irmão com motor v8. Se eu tivesse condiçoes, também escolheria o VW

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. Porsche é Boxster, Cayman e 911.
      O resto é pra fazer caixa.

      Excluir
    2. Joel
      Você é um "Porschista" de raíz!
      Nao seja tao radical ...
      Adoro a marca , mas nao tenho "$$$" para comprar nenhum modelo da marca
      Mas andaria de Cayene na boa!

      Excluir
    3. Anônimo, por mim que façam até suves enormes pra boleiros, rappers e outros tipos menos qualificados, desde que ainda existam esportivos de verdade.

      Excluir
  4. Marcelo Junji02/09/12 12:58

    Carro que é pau pra toda obra, dá para ir em qualquer lugar com ele. A única coisa ruim que vejo nesse tipo de carro é o preço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Roberto Afiado03/09/12 03:53

      Daqui a alguns anos será mais acessível no mercado de usados....

      Excluir
  5. Apesar de gostado muito desse Suve, não compraria. Se for pra ter luxo e conforto e potência, vou de sedan alemão. Se for pra andar na terra, areia, e terreno difíceis vou com o meu bom e velho tanque de guerra: Defender 2002. Não gosto muito dessas misturas de 4x4, peruas, sedãs de luxo, esportivos...

    Reinaldo Schiffer, Uberlândia-MG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Reinaldo
      Esses suves não são para o fora de estrada pesado, mas para estradas de terra transitáveis enlameadas ou então, não é o nosso caso, neve e gelo.

      Excluir
    2. Volksvagen do Brazil S.A.03/09/12 03:48

      Novos tempos, novas tendências, novos tipos de veículos.

      Excluir
    3. Vai apzero puxa saco!

      Excluir
  6. Bob, Muito Legal o Novo Touareg R-Line, Realmente um Automóvel Muito Interessante, Aliás essa última safra de VolksWagens está em ótimo nivel, Acha que Podemos Aguardar mais Volkswagens R-Line como o Golf por Exemplo ???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ruann
      Por enquanto nada indica que tenhamos Golf aqui.

      Excluir
  7. Bem q em vez de suve esse carro podia ser uma perua.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para isso tem a Passat Variant amigo...

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Leandro k: Para isso tem a Passat Variant amigo...


      Verdade Leandro,e na minha opinião é muito bonita .

      Excluir
    4. É o que penso sobre o Cayenne.

      Excluir
  8. Anônimo 02/0912 13:53
    Também acho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Peruas são baixas e não transpõem obstáculos como um SUV.Logo são carros menos versáteis, dado nossos ridículos limites de velocidade.

      Excluir
  9. Harry Stefano02/09/12 14:23

    Bob, excelente post. Esse Touareg é de fato um carrão.

    Aproveitando o início do post onde o Sr. diz que esse Vw "é" um Porsche. Queria saber, já que as marcas pertencem ao mesmo grupo, se no Brasil existe uma ligação/cooperação entre as marcas Vw-Audi-Porsche. Ou se trabalham separados como Kia e sua marca-irma Hyundai.

    Bob, como a Vw estava apresentando esse novo carro, o gerente de marketing falou algo sobre o Novo Jetta 2013? Ou será que vai ficar só para o salão?

    Falando em salão, teremos a cobertura do salão do automóvel aqui?

    Abraços, Bob. Bom fds.

    Harry Stefano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Harry
      São operações completamente independentes aqui e, por enquanto, no resto do mundo. / Nada foi falado sobre o novo Jetta, não se fala de outros produtos no lançamento de um. / Salão do automóvel: não faremos cobertura, mas a enxurrada de informações à imprensa que nos chega nessas ocasiões nos permite ir dando notícias à medida que vão chegando.

      Excluir
  10. Lorenzo Frigerio02/09/12 15:25

    Um tanto estranho o "salto" de relação entre a primeira e a segunda marchas; ainda por cima num câmbio de oito marchas. Com a relação de diferencial que tem, imagino que esse carro saia em segunda e guarde a primeira para situações extremas de carga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi uma das compensações que fizeram à ausência de reduzida física. O Cayenne tem a mesma coisa.

      Excluir
  11. Lorenzo
    Na maioria das vezes arranca em segunda; primeira, só se acelerar bastante, usar mais potência. O primeiro Cayenne que dirigi era assim.

    ResponderExcluir
  12. Bob, estou achando estranha a afirmação de que o virabrequim do 4.2 V8 FSI de origem Audi usado no Touareg tenha virabrequim plano. Resolvi ver este link:

    http://www.jlosee.com/images/RS4/PDF/Audi.ssp.921603.pdf

    Na página 6 dele, fala-se de virabrequim em cruz (90º entre as explosões). Fora isso, com um pouco de acústica dá para fazer um V8 de virabrequim em cruz soar mais ou menos escandaloso. Segue vídeo com o som do motor:

    http://www.youtube.com/watch?v=nErZCSN7Z1M

    Pelo que dá para ouvir, é som abafado, mas com padrão auditivo compatível com o de um V8 em cruz, pois mantém-se grave mesmo nas rotações mais altas, enquanto um V8 plano vai se agudizando quanto mais alto fica o giro, como se pode ver nesta Ferrari 458 Italia:

    http://www.youtube.com/watch?v=KJIk0ImuncI

    Talvez fosse bom dar uma revisada nesse dado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo 02/09/12 16:09
      Não há como confundir virabrequim plano com virabrequim em cruz. Os sons dos motores são completamente diferentes. Um engenheiro da AMG me disse que estão pensando em passar a virabrequim plano por causa do som "americano" dos carros deles com motor V-8. O som gravado que ouvi não tem nada a ver com o observado no motor "ao vivo". Como costuma haver diferenças entre motores VW e Audi (por incrível que pareça), vou checar esse dado.

      Excluir
  13. Veículo interessante, recheado de tecnologia, mas por ser VW, fica meio fora da casinha no nosso mercado, tanto em preço quanto imagem.
    Acima de Jetta, o público que considera a compra de um VW é praticamente de entusiastas da marca, aquele sujeito que obriga o concessionário a trazer um pra ele, pois é amigo do dono. Lembram do maravilhoso EOS, que ficou encalhado no primeiro lote de 200 unidades, pois ninguém sabia que o carro existia?
    Para a VW ter prestígio e sucesso de vendas no lisarb com seus carros grandes, esportivos, picapes e Suvs, vai precisar fazer muita propaganda com Neymar e toda a delegação olímpica que foi pra Londres pra conseguir chegar perto da... Hyundai.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paris Hilton03/09/12 03:43

      Tem o Tiguan, mas não sei se tá vendendo bem.

      Excluir
  14. Esse motor V8 da Touareg é uma jóia! No RS5 ele gera 450cv e tem os giros lá para 8.000 rpm, fora que o V10 5.2 FSI que a Audi e a Lamborghini usam deriva dele.

    Bigode

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o contrário, o V10 da Audi que deriva da Lamborghini

      Excluir
  15. Legal essa taxa alta, mas será que, mesmo com o estado-da-arte mecânico, ele lida bem com a nossa gasolina E20?
    Visto que os nossos motores (flex, no caso) com taxas maiores sentem quando usam gasolina comum.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa gasolina tem octanagem razoavelmente alta, não é problema pra taxa elevada... E com o alcool extra que entrou agora, não deve ter risco de pre-detonação não.

      Excluir
  16. É cabal a superioridade alema em materia de carros!
    Mais um exemplo aqui mostrado.
    Gosto da muito da Subaru , mas ... nao se compara um Touareg ou Cayane com um Tribeca
    Fubeca na japonesada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao se compara mesmo, segmentos diferentes.

      Excluir
    2. Ainda prefiro o Hummer H2

      Excluir
  17. O amortecimento e o meio elastico é feito pelas bolsas de ar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo 02/09/12 18:32
      Isso mesmo.

      Excluir

  18. Bob, deu até vontade de assinar o cheque (if I had the money of course)...

    Este pessoal de Wolfsburg nao ta de brincadeira mesmo!!!

    Baita motor, baita carro, baita produto!

    Fernando RD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernando,
      Você iria gostar de dirigi-lo, tenho certeza.

      Excluir
    2. Ferdinad Porche03/09/12 03:57

      O que mata é a frente com o mesmo símbolo do Gol!!! Cayene dá mais status!!!

      Excluir
  19. Bruno Souza02/09/12 19:52

    Bob, já que o senhor não tem preconceito com suve (você usa como sigla ?), sugeriria uma avaliação de algum com motor diesel (já que não temos carros assim, matamos dois coelhos numa cacetada só). Existe o SSangYong Korando, deve haver frota de imprensa, já que o Auto Press o avaliou. Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Filipe_GTS02/09/12 23:45

      Aportuguesamento, meu caro, perfeito aportuguesamento feito pelo Bob

      Excluir
    2. Perceberam o quanto é irônico esse aportuguesamento feito por alguém que se chama Bob Sharp?? Deveria começa pelo próprio nome, e usar algo como Roberto Afiado.

      Excluir
    3. Ronaldo Arregado, cê tá mais pro Aldo Rebelo que pra esse aí.

      Excluir
    4. Explica aqui esse negócio de suve bob?

      Excluir
    5. Suve é coisa de quem fala "truque" em vez de truck, "escâner" em vez de scanner e "mureta" em vez de guard-rail.

      Excluir
    6. B.O.B. não usa mouse, usa "rato" e o computador dele usa "ecran" em vez de tela.

      Excluir
    7. Roberto Afiado
      Passei a usar suve como antídoto contra o pedantismo de muitos dizerem SUV por achar que dá mais status que utilitário ou utilitário esporte, tipo "comprei um SUV", pronunciando a sigla como se escreve. SUV nada mais é do que a sigla de sport utility vehicle, veículo utilitário esporte, apenas disso. As pessoas não dizem s-u-v-e? Então escrevo suve, qual o problema?
      Truque em vez de truck? Para que, se tem caminhão? Já escâner é perfeitamente possivel, vou inclusive passar a usar. Há muito que container virou contêiner E mureta (pequeno muro) não tem relação com guard-rail, que aqui se chama defensa metálica.
      Gênio altomotivo: os espanhóis usam ratón em vez de mouse e caberia fazer o mesmo aqui, por que não?

      Excluir
    8. Hum, entendi. Mas tu deve ser fã dos Portugueses, que tem mania de traduzir tudo!!! kkkkk

      E os termos q vc corrigiu eu sei q tavam errados, foi só piada mesmo. Have a nice day! (Tenha um bom dia)

      Respondido pelos 2 ("genio"e "afiado") afinal são a mesma pessoa.

      Excluir
    9. Mr. Carmaggedon04/09/12 03:46

      Eu já tive SUV (uma Blazer) mas nunca a chamei assim; Era "camionete" ou "perua" e não acho que era invejado por possui-la(Se fosse uma Cayene aí sim)Essa coisa de status é complicado mesmo; coisa de paisinho"emergente"de quinto mundo.

      Mas ainda prefiro fazer um "download" do que dizer vou vou "dar descarga" no computador!!.

      Excluir
    10. O problema não é ter uma Blazer, mas sair por aí falando que teve uma. Certas coisas precisam ser esquecidas.

      Excluir
    11. Mr. Carmaggedon

      Dê descarga no banheiro, antes de vir falar merda aqui. No computador, baixe o arquivo.

      Excluir
  20. Bob, empresta uma grana pra eu poder comprar essa máquina ? Prometo que se eu não gostar lhe dou o carro de presente. Parabéns pelo blog, sem dúvida é um dos melhores do gênero, só estão faltando os vídeos. Abçs.

    ResponderExcluir
  21. Filipe_GTS02/09/12 23:45

    Agora entendi o porquê desse carro (quando V-8) roncar tão lindo

    ResponderExcluir
  22. Mr. Carmaggedon03/09/12 03:37

    O que estraga os VW é essa frente feia e sem graça, comum a tods os modelos.

    ResponderExcluir
  23. Já que a discussão descambou vamos botar um pouco mais de lenha na fogueira.


    http://carros.uol.com.br/noticias/redacao/2012/08/31/carro-novo-feito-no-brasil-ja-chega-defasado-e-expoe-nosso-atraso.htm

    ResponderExcluir
  24. Assalariado03/09/12 10:09

    Sou mais a minha Rural.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hummer Simpson03/09/12 22:25

      Minha Toyota Bandeirante 1974 é melhor que esse trem aí. E mais bonito!!!

      Excluir
  25. Roberto, Touareg não combina contigo não. Celta sim.

    ResponderExcluir
  26. B.O.B. vc o que acha dessa propaganda do Fiat Freemont, uma MINIVAN sendo vendida como SUV??? Achei um ABSURDO, coisa sem noção. Agora tudo é SUV!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é absurdo não.

      Excluir
    2. O Freemont nao é uma minivan Easy Rider
      É um SUV sim senhor.

      Excluir
    3. Otoridade em Artomóvel03/09/12 14:01

      Minivan não é SUV seus estúpidos!!! Não é alta, nem tem tração 4x4. Idiotas, idiotas!!!

      Excluir
    4. Está certíssimo!

      Excluir
    5. Igual ao Peugeot 3008.... Aquilo para mim é minivan

      Excluir
    6. Num país onde consideram EcaSport um SUV....tudo é possível.

      Excluir
  27. Easy Rider ,
    Ah vá !
    Nao comece a complicar as coisas

    ResponderExcluir
  28. Só nao da para contar vantagem com a rede VW....das 600 revendas, só umas 30 põe a mão aí....nem tem a ultima versao do Diagnosis....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Duvido que a VW de Quixeramobim saiba lidar com um Tuaregue (Touareg + Jegue)

      Excluir
  29. Marcelo Junji03/09/12 21:48

    Uai, cadê os comentários anti suvs?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Algo como "prefiro as peruas" "Quem compra SUV não entende de carro" "prefiro algo com um centro de gravidade mais baixo" mimimimi???

      Sempre a mesma coisa....

      Excluir
    2. Marcelo Junji04/09/12 23:22

      Pois, é. E esse pessoal que gosta de carros com melhor dinâmica, e que realmente sabem aproveitar isso, são raríssimos de encontrar. Tive certeza disso quando fui para Campos do Jordão e somente um jetta tsi me passou e um polo com dois jovens tentava mas não conseguia. O caminho para essa cidade é onde se vê a maior concentração de carros top do mundo(com maiores rodas também), e eu andando com um Peugeot partner que tem 1.80m de altura não atrapalhei ninguém.
      No topo da escala de comportamento dinâmico estão os superesportivos, então acho que não dá para ficarem falando que preferem tal tipo de carro a outro, pois seguindo esse raciocínio nenhum carro presta, senão os superesportivos.

      Excluir
  30. Esse Toareg da foto parece estar com os vidros escuros, e Bob nem falou nada? Milagre...

    Deve ser porque o carro é branco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ora, criticar os carros no lançamento não é nada interessante. Mesmo que haja películas no veículo citado, melhor não comentar. É preciso garantir lugar no próximo lançamento.

      Excluir
    2. Anônimo 04/09/12 09:15
      Comentário completamente idiota. Não baseie o meu caráter pelo seu. imbecil.

      Excluir
    3. O comentário quando contrário é sempre chamado de imbecil. Engraçado que eu tenho argumento suficiente, não preciso em nenhum momento agredir quem quer que seja desta maneira. Outra observação recorrente é ser atacado por postar um comentário anônimo. Prefiro ser anônimo com argumento a identificado sem fundamento.

      Excluir
    4. Anônimo 04/09/12 11:07
      Não foi comentário contrário, seu imbecil, foi uma ofensa a mim. Ou nem sabe o que escreve? Você está a um passo de ser eliminado daqui.

      Excluir
    5. Bob
      Demorou pra limar esse cara daqui. É o mesmo que vive batendo na tecla do insulfilme, desde o post do BMW série 3. O cara está careca de saber como funcionam as coisas mas, por má fé, continua com a ladainha.

      Excluir
  31. Ewser-X
    A foto é de divulgação. Não me canso de falar com os fabricantes duas coisas em relação a esse material. Uma, carros filmados, péssimo; outra, pessoas dirigindo com os braços totalmente retesados ao dirigir nos vídeos. É coisa das produtotas, acham que o carro fica mais atraente no caso de vidros escurecidos e que elegante braço esticados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O carro não fica nada mais atraente com os vidros pretos. Usam esta técnica simplesmente para esconder o fundo e com isso conseguir colocar o veículo em qualquer paisagem. Além disto, deixam de mostrar o condutor, o que possibilita mascarar preconceitos, usar a imagem em outros mercados de culturas diferentes.
      Não há elegância nenhuma em mostrar o condutor com os braços esticados, apenas passa a sensação de maior espeço interno.

      Excluir
    2. espaço interno...

      Excluir
    3. Ok, Dotô Sharp, valeu por responder!!

      Excluir
  32. Esse carro foi feito para andar na terra,não no asfalto ,o povo compra pra intimida os outros e coloca pelicula de transparencia zero ,roda aro 30 ,e outras idiotices ,e depois ainda reclama do consumo do carro.

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.