EXTRA: FALECE O DR. SID WATKINS

Foto: sportv.globo.com



 Faleceu ontem (12/9), aos 84 anos, o Dr. Sid Watkins, chefe médico da Fórmula 1 durante 26 anos. Sua contribuição para o automobilismo foi enorme, sua presença permanente nos grandes-prêmios era reconfortante tanto para os pilotos quanto para os envolvidos diretamente nas provas e foram incontáveis as vezes em que se dirigiu às cenas dos acidentes, entre eles o de Ayrton Senna, de quem era muito amigo, naquele trágico domingo de 1° de maio de 1994. O Dr. Sid Watkins era um amigo desinteressado dos pilotos, que o tinham como um verdadeiro anjo da guarda.

Notabilizou-se também pelo seu incansável e permanente trabalho em prol da segurança geral da F-1. Apesar da importância da sua atividade, permaneceu sempre longe dos holofotes, era o seu jeito de ser.

Era filho de um dono de oficina mecânica em Liverpool, na Inglaterra, e isso o fez se interessar por carros desde menino. Depois de fazer residência e se formar médico, serviu no exército britânico na África e ao voltar para casa estagiou como neurocirurgião em Oxford num hospital especializado em ferimentos e traumas na cabeça. Como o hospital, o Radcliffe Infirmary ficava perto de Silverstone, Sid Watkins começou a se envolver no automobilismo.

Viveu de 1962 a 1970 nos Estados Unidos, onde trabalhou na Syracuse University, em Nova York e desse modo pôde manter seu envolvimento no automobilismo, em Watkins Glen – coincidentemente mesmos nomes. Na volta à Europa foi chefe de neurocirurgia no London Hospital, ao qual permaneceria ligado por muitos anos. No automobilismo, passou a ser membro do quadro médico do Royal Automobile Club.

Em 1978, foi convidado por Bernie Ecclestone para ser médico da categoria em tempo integral, tendo começado no GP da Suécia. Alguns meses depois teria a primeira experiência amarga com a morte de Ronnie Peterson em conseqüência de ferimentos graves em Monza.



Um dos piores momentos da carreira do Dr. Sid Watkins (de boné azul), o acidente de Ayrton Senna (wheels24.co.za)

Seu trabalho prosseguiu na luta por melhorias nos centros médicos nos autódromos e se tornou parte integral e indispensável do circo da F-1, angariando amizade e simpatia de todos os pilotos e equipes.

Depois do acidente de Senna e de Roland Ratzenberger no dia anterior, o momento mais crítico em sua carreira, liderou, com uma equipe que arregimentou, uma campanha de segurança determinada pela FIA que resultou no Comitê Especial de Consultoria de Segurança da entidade que produziu os resultados esperados, pois não houve fatalidade de piloto de F-1 desde então.

O Dr, Sid Watkins deixou a linha de frente antes de começar a temporada de 2005, mas permaneceu ligado em assuntos de segurança como presidente do Institute for Motor Sport Safety da FIA, só deixando o cargo no ano passado.

Escreveu dois livros, um, Life at the Limit, que tem versão em português, Viver nos Limites (editora Edipromo) e outro, em co-autoria com Jackie Stewart, Beyond the Limit, este sem versão em português.

Ao Dr. Sid Watkins e sua família, as homenagens e condolências do AUTOentusiastas. 

R. I. P., Dr. Sid Watkins.
(Texto baseado em informações do site da revista Autoweek)
 

15 comentários :

  1. se vai com ele uma parte importante da história da F1, aquela antiga que tinha mais graça !!

    ResponderExcluir
  2. Mais um relacionado ao mundo automobilístico que se vai esse ano. Vai sobrar ninguém desse jeito!

    ResponderExcluir
  3. mais uma grande perda para o automobilismo. RIP Dr. Sid Watkins.

    ResponderExcluir
  4. Vai fazer muita falta, com seu estilo , seu wiskie, sua credibilidade. Acho que uma das últimas dele na F1 foi " ei, não abre essa porta aí não!!! " GP Brasil...

    Vale lembrar ao AutoEntusiastas que poderia ter até um post sobre nossos médicos de pista, a começar pelo estimado Dr. Daniel de Morais.

    ResponderExcluir
  5. Caramba !
    Quanta gente importante ligado a automovel morreu nesse ano...
    Uma pena
    RIP Dr.Watkins

    ResponderExcluir
  6. Era engraçado que nas poucas vezes que ele aparecia na mídia sempre estava sorrindo, parecia que por mais tensa que fosse sua profissão ele encarava tudo numa boa. E também era interessante como todos tinham um carinho especial por ele.
    Que descanse em paz o velho anjo da guarda da F1.

    ResponderExcluir
  7. Isso aqui é autoentusiastas ou obituarioentusiastas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Putz além dos ecochatos temos agora os autochatos?

      Excluir
    2. Morteiro
      E também lugar onde às vezes aparece algum idiotaentusiasta – como você, para fazer uma perguntas dessas, só pode ser. Não gostou? Se manda, some.

      Excluir
    3. Pois é, faz-se justa homenagem póstuma a pessoas dignas de nota e alguns tecem piadinhas sem noção...

      Excluir
  8. Que coisa, as grandes personalidades do automobilismo em geral estão partindo, não deixando substitutos para preencher as lacunas. Creio já ter comentado em outra ocasião, mas algumas pessoas deveriam ser imortais, porém isso seria muito egoísmo de minha parte.

    Minhas sinceras condolências aos amigos e familiares do Dr. Sid Watkins.

    ResponderExcluir
  9. Descanse em paz Dr.Sid Watkins.Mais um grande homen ligado ao automobilismo que se vai.Que reencontre aquele seu velho amigo chamado Ayrton Senna e va fazer aquela pescaria que o senhor tanto gostava.

    ResponderExcluir
  10. Esse homem continuará sua missão de cuidar dos enfermos do outro lado agora; um verdadeiro espírito iluminado!

    MFF

    ResponderExcluir
  11. É, parece que estamos envelhecendo e ficando fora de moda mesmo...Este ano está bem atípico para nós velhos autosiastas. Acho que estão formando um time bem interessante do outro lado. A falta de todos estes por aqui com certeza será enorme. Como referência então...!

    ResponderExcluir
  12. Daniel San14/09/12 22:37

    Vão-se os mestres e a mediocridade parece só aumentar no mundo. Triste.

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.