A PROPAGANDA DA NISSAN




Está sendo veiculado um comercial de televisão onde a Nissan ataca o Ford Focus. Pessoalmente, eu gosto de informações transparentes, e tudo que escrevo aqui é opinião apenas minha, não do blog, como fica claro nos textos que escrevo.

Dito isso, me agrada deixar minha opinião sobre esse comercial do tipo Pepsi, que quando gastava dinheiro em publicidade, várias vezes atacava a Coca-Cola.

Primeiro de tudo, é engraçado ver algo assim na televisão. O normal no mundo automobilistico é se ater ao próprio produto e ignorar os concorrentes. Mas como nas torcidas daquele esporte, o futebol (que detesto ), há pessoas mais interessadas em torcer contra outros times do que pelo seu próprio.

Problema psicológico sério, me parece ser algo sem cura, e contagioso. Um exemplo é esse tipo de comercial que fala mais sobre o concorrente do que sobre o produto que se quer vender.

Por detrás do palco publicitário das fábricas, análises detalhadas dos concorrentes são feitas, para entender os pontos fortes e fracos, e saber onde o produto da casa está. Mas é difícil que o lado bom ou ótimo do concorrente seja publicamente divulgado, para não prejudicar as vendas dentro da marca.

Acho tudo isso uma pena, já que vivemos numa democracia (?), e cada um faz com seu dinheiro o que bem entende. Se alguém pode gastar milhões em quadros para deixar na parede em vez de ajudar crianças enfermas, por que alguma entidade, empresa ou pessoa pode palpitar em qual marca de carro alguém deve comprar?

Dessa forma, esse comercial do Tiida me remete a pensar nos carros em si.

Não há dúvida que são carros bons, com qualidade decente, salvo, claro, defeitos isolados ou sazonais, fruto de crises de fábrica ou de fornecedores de peças.

Como nas motos estrangeiras, notadamente das marcas do Japão, onde a partir de meados da década de 80 ficou cada vez mais difícil encontrar modelos com grandes defeitos, os carros também estão chegando nesse ponto.

Basta ver que não existe carro perfeito, mas dificilmente encontramos algum problema de fato grande a ponto de inviabilizar a utilização prática.

Notem que estou falando de carros normais, de grande produção dentro de fábricas grandes, controladas por corporações multinacionais. Não incluo nesse raciocínio fábricas locais, de pequena produção, com modelos específicos para alguns usos. Nesses casos, quem manda é o dono, e se esse não tiver claramente todos os problemas e soluções muito bem controlados pela sua equipe, eles podem chegar às mãos do cliente facilmente.

Em empresas grandes é diferente. É mais difícil problemas ou características muito ruins chegarem à produção. Simplesmente a quantidade de pessoas que precisam aprovar um carro novo é grande demais para deixar passar um elefante. Mas formigas passam, lógico.

O Ford Focus atual produzido na Argentina para nosso mercado já foi devidamente comentado pela imprensa. No AUTOEntusiastas, o Arnaldo nos brindou com uma rápida avaliação tanto dele quanto do Tiida. Ele pode dizer melhor que eu as diferenças, vantagens e desvantagens de um e de outro.

A partir desse tipo de avaliação ou análise, ir pessoalmente olhar em detalhes e andar nos carros, mais outros tipos de pesquisas que podemos fazer com amigos, na internet, em revistas e muitas outras, podemos tirar algumas conclusões, e escolher qual carro gostamos mais.

Por isso, sempre digo que uma pessoa deve comprar o carro que mais lhe agrade, sempre, desde que goste de verdade de automóveis.

Se não for o caso, compre qualquer coisa que a maioria está comprando. Fica mais fácil de consertar quando quebrar. Teoricamente, ao menos.
 
JJ

72 comentários :

  1. O comercial omite um dado muito importante: o Nissan Tiida consegue ter um preço competitivo por ser um carro de 2006, que já está defasado em design e conteúdo, relativamente aos hatches médios lançados há menos tempo; seria o caso da VW baixar o preço do Golf nacional em 5 mil reais, já que é um modelo de 1998. E daí? Como dizem os americans, "who cares?"

    ResponderExcluir
  2. Luiz Dranger03/03/11 16:27

    Belo texto JJ,
    Achei o comercial ridículo. Não sei onde a Lew Lara estava com a cabeça. Aliás o perfil dos compradores de ambos os veículos não devem gostar de rap !!!! Voce disse tudo, guie os dois e tire a sua conclusão.
    Abr, Luiz

    ResponderExcluir
  3. A propganda é engraçada, mas conhecendo os dois carros, digo que a Nissan tem que comer muito feijão antes de atacar os concorrentes dessa forma.

    O Tiida sedã, por exemplo, é fraquíssimo e, pelo preço anunciado, não é muito mais que um Logan completo.

    O Sentra teve seu interior inferiorizado, os materiais estão mais toscos e mal acabados. Ganhou espelhos de Frontier (ao menos parecem) e perdeu a tela centralizada do computador de bordo.

    É um pouco decepcionante chegar à loja da Nissan e ver como são os carros de verdade.

    ResponderExcluir
  4. Como não compro carro por causa de comercial....

    No meu ponto de vista é muito rídiculo o que a Nissan está fazendo. Além de carros defasados, como já dito, são feios (apesar que este ponto é discutível). Os bons carros deles não são vendidos aqui.

    ResponderExcluir
  5. Propagandas de carro assim ocorrem a torto e a direito em outros lugares do mundo. Não é nenhuma exclusividade.

    Isso fomenta o debate entre as marcas e quem ganha é o consumidor.

    Esperamos que a Ford responda à altura e assim sucessivamente.

    ResponderExcluir
  6. Adorei as últimas campanhas da Nissan, que com bom humor propõem a comparação com a concorrência. Esse tipo de propaganda existe há décadas no mercado automotivo norte-americano. Não vejo nada demais em dizer "meu produto é melhor que o do concorrente X". No mais, o mote da Nissan em suas campanhas - o de custar menos que a concorrência - é especialmente importante em um tempo em que os fabricantes inflaram ao extremo o preço dos automóveis.

    ResponderExcluir
  7. Achei a propaganda muito engraçada, o apelo sobre o preço é bom para nós consumidores, conforme já dito, ...eee quem quiser que compre o tal Tiida, que já está para mudar de versão também... Os caras querem desovar, por isso o apelo.
    Além de tudo, achei uma figura o clone do Dr. House com um monte de meninas de família semi-nuas dançando ao redor... hahahaha
    "Pagando preço 1.8 por um carro 1.6" Aliás, quem fez a propaganda mandou bem heim... Bem produzida, sem dúvida! Independente do gosto musical de cada um.

    ResponderExcluir
  8. Como vivemos numa democracia, seria normal uma empresa querer se comparar a outra e em muitos casos até ofendê-la. Mas estamos no Brasil e toda essa chatice de politicamente correto me deixa entediado.

    A Nissan adora cutucar a concorrência, veja as campanhas do GT-R e saberá que nem Porsche, Ferrari, Lambo se salvam. São carros indiscutivelmente maravilhosos, mas nem por isso são imunes a críticas.

    A Nissan chamou os donos de Focus 1.6 de gastadores, pessoas que valorizam pouco seu dinheiro. O mesmo foi feito no comercial do Livina, com o cara jogando dinheiro fora. Ah, mas o Focus é acima de qualquer suspeita, já o Fiat Idea podem falar mal. Somos torcedores fanáticos.

    Se observarem bem, perceberão que a Nissan tentou valorizar as 6 marchas e o motor um pouco melhor que o do Focus 1.6. Tá certo que somente dizer que o motor é melhor só por ser 1.8 não é um argumento tão bom. Porém, imaginem que não dá pra botar uma ficha técnica comparativa (chato!) na cara do telespectador num comercial de 20 segundos ou menos.


    O 1.8 da Nissan tem potência e torque razoáveis, porém melhor que o do Focus 1.6. Também tem comando variável e direção elétrica. Outro ponto a ser considerado é o peso do Novo Focus (Old Focus era excelente) em relação ao Tiida. Beleza e fanatismo é subjetivo, preço e equipamentos não.

    ResponderExcluir
  9. pééééé!

    Sigma capado! sem variador de fase! A Nissan nem se atreveria, se a Ford não tivesse feito isso com o consumidor brasileiro.

    ResponderExcluir
  10. Aliás, tem muita novidade por aí... Se não vender agora, a coisa vai complicar.
    308, ele sim com variador de fase, deverá ficar bem interessante. Veremos qt a PSA vai pedir no carro.

    ResponderExcluir
  11. O comercial é até engraçado, como outros da Nissan em que cutucavam a General Motors e picapes médias como Hilux, a tal da "agroboy". Foi bom você ter citado o exemplo da Pepsi. A Coca-Cola jamais respondeu a Pepsi, assim como a Ford com seu produto superior (Focus) ao da Nissan jamais deve responder.

    ResponderExcluir
  12. Marcelo Augusto03/03/11 17:45

    Já repararam que sem a versão com bancos sobre trilhos o porta-malas do Tiida não cabe nada, não chega a 300 l?

    O pessoal que compra "carro por metro" anda entrando bem nessa.

    ResponderExcluir
  13. Bom demais a Nissan e seus comerciais provocativos e bem bolados.

    E vendendo ou não, a Nissan ta na boca do povo...

    ResponderExcluir
  14. A título de informação ao nosso amigo "anônimo", o Tiida realmente foi lançado no mercado nipo-americano em 2006, mas o Focus atual foi lançado na Europa em 2007... tão "atual" quanto o Nissan. Ademais, fiz o comparativo entre ambos em Agosto/2010. Acabamento, motor maior e câmbio manual de 6 marchas foram os itens que me fizeram decidir pelo Tiida. E estou extremamente satisfeito com o carro e com o pós venda.

    ResponderExcluir
  15. A Nissan se supera... Aquele comercial de Livina X Fiat Idea foi de lascar.

    Acho que se eles fizessem propaganda dos carrões deles, como 370Z e GT-R, poderia ser bem positivo. As pessoas talvez pudessem passar a pensar algo do tipo: "Ah, é Nissan. A mesma que faz 370Z, GT-R. Então não pode dar errado comprar um Tiida.".

    ResponderExcluir
  16. A ideia seria valorizar a marca com o que ela tem de melhor, sem necessariamente fazer propaganda do produto mais acessível.

    ResponderExcluir
  17. A Ford está provando de seu próprio veneno. Em 96, ela figurou uma campanha de marketing agressiva, em que o ataque a GM era frontal e depreciativo, tal como ela está sofrendo agora. Vale a pena procurar em revistas da época. Os principais alvos eram o Vectra e a S10.
    Dinamicamente, realmente prefiro o Tiida. O desempemho do Sigma é muito acanhado no Focus. Pagar mais de 50 mil num carro que faz o 0 a 100 em mais de 13s? Não, obrigado.
    Esteticamente, o Focus dá o show.
    Solução - Focus 2.0. Beleza e desempenho.

    Abraço

    Lucas crf

    ResponderExcluir
  18. Arnaldo Keller03/03/11 18:41

    Juvenal,

    Nunca andei no Focus 1,6-l. Só testei o 2,0-l automático. Daí que não tenho como comparar o desempenho do Tiida com o dele.
    Mas sei que não posso concordar com o Leonardo quando afirma que ele é um Logan completo. Nada a ver. O Tiida é bem superior. Está no nível de Civic, Corolla 1,8-l, Focus, etc.
    Além do mais, não me agrada esse tipo de comercial, pois ele atiça o espectador a ficar com raiva da Ford, sugerindo que ela o faz de trouxa, que o rouba e tal. Comparar, tudo bem, mas essa propaganda, pra mim, é um tiro no pé. Alguém lá fumou o cigarrinho do capeta e viajou na maionese. Uma pena. O Tiida não merecia. Fazem um bom carro, honesto, e os marqueteiros queimam.

    ResponderExcluir
  19. Concordo com o final: cada um experimenta e compra o que mais lhe agrade! Logicamente tem outras coisas importantes (valor de revenda, manutenção...), mas chega dessa torcida fanática por marca x ou y.

    ResponderExcluir
  20. Bem, creio que esse blog seja frequentado por auto-entusiastas, então, o Focus aqui deveria ser unanimidade. A plataforma do Tiida é a mesma do Clio europeu, ou seja, está competindo com Ford Fiesta (europeu), não com Focus. Sem contar a suspensão dos Focus e o seu desenho maravilhoso. A Nissan poderia ser menos APELONA.

    Renan Veronezzi

    ResponderExcluir
  21. Chamar o concorrente de ladrão, que é o que esse filme da Nissan faz na prática, não pode ser entendido como propaganda comparativa. O nome disso é calúnia e difamação.

    ResponderExcluir
  22. O comercial é tosco mesmo... e o Focus é mais bonito que o Tiida... Não que eu fosse comprar um visto os problemas que tenho/tive com o meu atual.
    Comentário fora do contexto: O trecho citado abaixo ficou de difícil compreensão, devido ao uso de dois "onde" na mesma frase.... "Como nas motos estrangeiras, notadamente das marcas do Japão, onde a partir de meados da década de 80, onde ficou cada vez mais difícil encontrar modelos com grandes defeitos, os carros também estão chegando nesse ponto."

    ResponderExcluir
  23. Eu gostei do comercial pela mensagem subliminar que ele quis passar. Todos os fabricantes de automóveis vêem o Brasil como um mercado bastante lucrativo pelo fato de que qualquer coisa ultrapassada sobre rodas vende bem aqui no .br. E a imagem caricata disso tudo é os engenheiros da Ford vivendo na farra, com um monte de gostosas ao redor. E não sejamos hipócritas, quem é que não gostaria de estar no lugar deles, hein???

    ResponderExcluir
  24. Marconi,

    Se o comercial da Nissan é uma crítica aos "fabricantes de automóveis (que) vêem o Brasil como um mercado bastante lucrativo pelo fato de que qualquer coisa ultrapassada sobre rodas vende bem aqui no .br.", então esté é o caso de um roto falando do esfarrapado.

    ResponderExcluir
  25. Acaba de dar no site do jornal Meio & Mensagem:

    "A suspensão da campanha "Ouro de Tolo" criada pela Lew'Lara para Nissan, determinada nesta quarta-feira 2, pelo Conar, não deverá encerrar as hostilidades entre as montadoras. A Ford já tem seu departamento jurídico mobilizado com uma ação civil na Justiça Comum, onde já conseguiu liminar no Tribunal de Justiça de São Paulo para suspender a veiculação sob pena de pagamento de multa diária em caso de não cumprimento."

    ResponderExcluir
  26. Kantynho,

    obrigado pelo aviso. Arrumei a frase.

    ResponderExcluir
  27. Apenas mais uma nota: conheço bem o trabalho de engenharia dentro das fábricas. Não existem essas mulheres, e nem mesmo se sabe preço de carro que se está desenvolvendo.
    Quem faz os preços não são as engenharias. É a área de Vendas, juntamente ou subordinada a Marketing.

    ResponderExcluir
  28. Respeito a opinião de quem gostou, mas eu não gostei do comercial.
    Achei ridículo, até.

    ResponderExcluir
  29. Propaganda boa, boa mesmo eram as séries feitas para o fusca, em 50, 60...
    Quanto a Nissan, mil vezes essa provocaçao, apesar da dor de cotovelo de uns e outros, do que propagandas prepotentes e mentirosas como as da Hyundai.
    chega de hipocrisia das montadoras e da propaganda automobilística em geral.
    Boa sacada da Nissan. A Ford e a concorrência que se mexam...

    ResponderExcluir
  30. Tive esse mesmo tipo de reacao quando estive assistindo tv nos EUA.
    Era Honda quase falando, nao compre lixo, compre o nosso carro.
    GM fazendo propaganda tipo essa da nissan... fiquei pensando... PQP! hehehe

    Mas é tudo no fim uma maneira de divulgar o produto, de uma outra maneira nao tao comum por aqui...

    ResponderExcluir
  31. A nissan é uma hyundai sonhando em ser honda, se é que me entendem... rs...

    ResponderExcluir
  32. Boa noite a todos, Juvenal voce falou e disse tudo.
    Parabens.
    Giancarlo

    ResponderExcluir
  33. Eu achei criativo deste do Ford Fiesta contra o Versa (Tiida): http://www.youtube.com/watch?v=95B5peRmd8A
    A Ford podia fazer isso aqui também, ia ser engraçado e todos saem ganhando, mais informações.

    ResponderExcluir
  34. A Nissan está fazendo uma propaganda como se costuma fazer no exterior: comparando o produto dela com o da concorrência, até ridicularizando a mesma (quem ainda não viu a propaganda da Audi anunciando o A4 com a frase "Your move, BMW" e a BMW respondendo com o recém reestilizado Série 3 com a frase "Checkmate"?), mas reconheço que esse tipo de propaganda é muito avançada para o "homo brasiliensis", aquele ser religioso, que acredita nos políticos de sempre, na Rede Globo, na Veja e que só não vai atrás do trio elétrico se já morreu.
    Os produtos? Dividem faixa de preço semelhante, mas não os vejo voltados para o mesmo consumidor. Eu diria que Focus e Tiida hatch (o sedâ é outra coisa, o enfoque dele é mesmo ser um Logan com fermento) são como a perua do Mégane e a Meriva: ambas buscam o público familiar, mas não necessariamente o mesmo perfil de comprador.

    ResponderExcluir
  35. Eu prefiro esses comercial caricatos e estereotipados da Nissan do que o da Hyundai e aqueles igual o do Stilo, que a mulher olha pro carro e vai junto com ele.

    ResponderExcluir
  36. Eu gostei.

    Se eu pudesse criar propagandas de carros, tocaria o terror na TV, ela iria pegar fogo.

    Os carros da Nissan são defasados?

    Os carros da Ford do Brasil são dinossauros de metal.
    Aliás, da GM, Volks e FIAT também o são.

    E produzir carros defasados não é algo caro.

    ResponderExcluir
  37. O Anônimo 03/03/11 17:10 mencionou um detalhe muito interessante: quando era o Idea, todo mundo aplaudiu de pé. Agora que a ideia é a mesma, mas o alvo é o Focus, muita gente mudou o pensamento e achou apelativo.

    Verdade é que a maioria tem um pouco de fanatismo dentro de si, ainda que inconsciente.

    E só para fazer uma correção: o Focus é de 2004, o nosso Tiida é de 2006 (embora tenha sido lançado no Japão no final de 2004). Ambos já receberam um facelift de meia vida. A nova geração do Focus já foi lançada, enquanto a nova geração do Tiida será lançada no final do ano que vem.

    ResponderExcluir
  38. A propaganda também é uma crítica ao brasileiro.

    "Carro bom é o carro que cabe na prestação do financiamento."

    Os executivos das montadoras devem rir muito dos consumidores brasileiros.

    "Ainda estamos vendendo essa velharia com facelift, e ela ainda dá lucro?
    O Brasil é o paraíso! \o/"

    ResponderExcluir
  39. Alexandre - BH04/03/11 05:33

    Minha opinião: A Nissan não vende o Tiida mais barato por ser uma empresa de vocação franciscana. Até parece, né? A questão é lógica: seu carro pode até ser mais espaçoso e ter motor 1.8, mas está longe de brilhar aos olhos. Aliás, a versão sedã é feia de doer. Se o braço japa do grupo quer cumprir as metas impostas pelo Sr. Carlos Ghosn, que lance carros tão atraentes quanto os Honda, Toyota, Hyundai e os da própria Ford. Vão ridicularizar a futura Ranger, o New Fiesta e o Fusion também? Não acredito que comerciais agressivos, por si só, revertam a peleja da Nissan no Brasil. O que manda é produto. O futuro Nissan March, aquele redondinho esquisito, é o produto certo para encarar Gol e Palio? Quanto à campanha do Tiida, que coisa brega! Fica de bom o alerta para que o consumidor brasileiro perceba o quanto paga caro pelo Focus. Na verdade, por qualquer carro.

    ResponderExcluir
  40. Achei o comercial ridículo, apelativo e de um mau gosto ímpar. Para mim, passa a impressão de que o Tiida, fora o preço, não oferece grande coisa, o que não é verdade.

    Ao contrário do que o Arnaldo comentou, eu fiquei é com raiva da Nissan... Faço votos que a Ford não entre nessa e deixe de responder com um "contra-ataque" à Nissan. Como já disseram , o público alvo de ambos os carros não gosta desse tipo de comercial.

    ResponderExcluir
  41. Arnaldo: O Focus 1.6 é lento...o Tilda é bem mais animado!

    Mister Fórmula Finesse

    ResponderExcluir
  42. Arnaldo Keller04/03/11 09:02

    Road Runner,

    Ao contrário do que vc disse, vc concordou comigo. Vc ficou com raiva é da Nissan e não da Ford. Por isso que eu disse que era um tiro no pé.

    Mister Fórmula Finesse,

    O Tiida pra viajar é ótimo. Silêncioso, estável e veloz. Fora que o banco traseiro é espaçoso pra burro e o fato do banco ir pra frente e pra trás e encosto dele reclinar dá muito conforto pra quem vai atrás.
    Se for pra pensar na família, filhos já pernudos, é comprar um Tiida a um Focus.

    ResponderExcluir
  43. AAAhhh JJ,

    Não existe putaria em "montadora"??? kkkkkkkkkk... Essa foi boa!!! Aliás!!! Quem paga a conta não é o fornecedor viu!!! Termina com "dor" também, alguém arrisca um palpite???
    hahahaha... essa foi boa!

    ResponderExcluir
  44. A Nissan esta antecipando o rumo que as marcas Chinesas vão utilizar em suas propagandas, afinal os Chineses vem "completos" mas como ja disse aqui, para mim são como Rolex vendidos em bancas na calçada. A Ford quando passou o Focus para flex, viu que tinha um produto acima da média e criou uma série de propagandas em que salientava o prazer de digir.O que tem funcionado. a familia Tiida é tão "espetacular" que a Dodge no salão de 2008 apresentou a versão sedã sem a sua logo e não sei porque acabou desistindo da idéia.
    Com certeza o Tiida é um bom carro, mas falta o que faltam aos Coreanos, personalidade.

    ResponderExcluir
  45. Não vi nenhum problema na propaganda. Ser aniético é comparar maça com laranja, como faz de maneira totalmente sem-caráter a CAOA. ("mais potente que o BMW, maior do que o Lexus, etc.).

    Temos que acabar com o compadrinhamento das grandes montadoras aqui. Sacudir o mercado e dar melhores (e mais atuais) produtos a preços menores.

    ResponderExcluir
  46. Pessoal aqui está bem esperto e isso é ótimo! E FO**-SE se o pessoal da Ford está "torcendo o rabo"... Eles demoraram pra lançar o carro e demoraram ainda mais pra lançar a versão flex e mesmo assim não conseguiram atender a demanda por um bom tempo, só agora que se encontra o Focus a pronta entrega. Agora, a concorrência já está babando, o que é ótimo para nós consumidores.
    E outra... a Nissan deixou uma brecha, onde a Ford poderia exaltar ainda mais as qualidades do seu produto, "tapinha com luva de pelíca", tipo... explicando a razão de custar mais.
    Adoro essa briga publicitária, o conar está aí pra isso.
    Agora, ainda sou bem mais um "japonês" Tiida, que um carro coreano.

    ResponderExcluir
  47. Querendo ou não os fãs do Focus, a propaganda disse a verdade.

    Agora as propagandas no Brasil se encaixam em 2 classes:

    1-Estúpidas e tediosas (dá vontade de dar um tiro na TV).
    2-Novas propagandas da Nissan (crítica sobre a realidade = boas risadas).

    ResponderExcluir
  48. A Ford ja enfrentou situacao parecida no passado qdo a campanha publicitaria do VW Gol 1.0 Turbo comparava seu motor 1.0(compressor)a uma geladeira sobre rodas.. Porem de uma forma mais sutil ..
    Achei bastante agressiva e ousada a campnaha da Nissan , mas ha a hipotese de "tiro no proprio pe". No meu ponto de vista a Nissan esta "duvidando da inteligencia e bom senso" de todo e qualquer consumidor que nao opte por seu Tida. Mais ou menos como as campanhas do PT.
    Ao contrario do que muita gente prega e (do que pensa a Nissan) o consumidor brasileiro e bastante esperto e inteligente este enxerga melhores opcoes nessa categoria que o Tida da Nissan ..
    Alias qual e o apelo de venda que esse carro tem meu Deus ????? E o mesmo que um belo jantar onde o faminto convidado vai desfrutar de um delicioso prato de chchu cozido com caroco de mamao (sem sal ou qualquer tipo de tempero)!
    Bom apetite para quem gosta !

    ResponderExcluir
  49. Parra, o Tiida Sedan não foi vendido aqui como Dodge Trazo C pelo fato de a velha Chrysler ter falido e a nova Chrysler estar ligada à Fiat, o que significa que obviamente teremos o uso da plataforma C-EVO da própria Fiat para fazer algo que substitua o Caliber.

    ResponderExcluir
  50. O Tiida é uma cópia mal feita do Peugeot 307, aliás, em matéria de cópia, o pessoal do país do Sol Nascente não perde pra ninguem!

    ResponderExcluir
  51. 307 mundo bizarro... hahaha

    Mas perde sim! Pros seus vizinhos sem vergonha...

    ResponderExcluir
  52. Tá, o comercial é engraçado, chama atenção para o problema de que pagamos demais por nossos carros, mas, se fosse por questão de "tamanho" do motor, o Astra ainda estaria na frente dos dois, na mesma faixa de preços. (será que o publicitário da Nissan esqueceu disso?)

    ResponderExcluir
  53. Juvenal Antena04/03/11 16:33

    Justameeeeente!

    ResponderExcluir
  54. eu sei q é chato explicar a piada... mas duratex sed tex???
    Whatha hell?

    ResponderExcluir
  55. Só porque o motor Sigman Froid tem correia dentada. Isso sim é Whatha hell.

    ResponderExcluir
  56. Não vi o comercial, mas de qualquer maneira acho que está na hora de os brasileiros acabarem com esta mania da falso bom-mocismo, este negócio de não dar nome aos bois, não citar os concorrentes. Na Europa e nos EUA, publicidade é agressiva, compara preços, números. Tem que ser assim.

    Só não pode descambar para casos como o da Hyundai, que mentiu descaradamente em campanhas recentes. Somente nestes casos o Conar deveria ser acionado.

    ResponderExcluir
  57. O mercado de carros por aqui estava muito acomodado, com as montadoras fazendo carros ridículos.

    Veio a leva dos franceses que trazia melhor acabamento interno e as velhas montadoras tiveram de correr atrás - hoje os carros estão com acabamentos melhores do que aquele amontoado de plástico ou mesmo nenhum acabamento, como havia em alguns carros 1.0 de entrada.

    Depois, vieram os japoneses com carros estilosos e com alta durabilidade. Só então as velhas montadoras passaram a trazer visuais mais modernos dos seus carros, embora ainda haja muita defasagem em relação ao que vemos na Europa.

    No comparativo entre os dois carros, minha preferência é pelo Tiida SL (não o S, básico), pois possui muito mais conforto interno do que os carros da categoria. Faltam algumas coisas nele, mas cabe à Nissan incrementar o carro. O Focus realmente é muito mais bonito, mas peca pela velha mania de colocar o preço básico embaixo e vender um monte de pacotes de opcionais. O Tiida SL já vem com itens de segurança, como ABS, controle de estabilidade e auxílio de frenagem, coisas que, quando existem na concorrência, aumentam muito o preço do carro.

    Quanto a propaganda em si, é engraçada, mas é um tiro no pé. O Tiida tem muito mais qualidade a ser exaltada sobre a concorrência, não há necessidade nenhuma de ficar atacando um concorrente específico. Como no caso do Tiida SL: além dos itens de segurança mencionados acima, vem com bancos de couro, teto solar, trilho no banco de trás para aumentar ou diminuir o volume do porta-malas e banco traseiro reclinável. São itens de conforto em um carro que é encontrado facilmente por 54 mil (dá para encontrar por 52 mil em algumas concessionárias) e nos concorrentes esse luxo (quando possível) faz o carro passar dos 60 mil fácil.

    O Bravo, por exemplo, é excelente, mas na versão básica ele não tem graça nenhuma. O forte dele são os opcionais, mas que fazem o carro chegar perto de 70 mil, algo impraticável para um hatch médio.

    O Astra, por outro lado, continua com o visual antigo, mas ainda vende muito bem, pelo custo benefício. Embora não tenha muitos itens de conforto quanto a concorrência, o preço dele por um motor 2.0 altamente confiável é um grande chamariz, daí suas vendas continuarem em alta, mesmo com os rumores de que vai sair de linha, de pelo menos 4 anos pra cá.

    ResponderExcluir
  58. Tenho um Focus, adquirido na boa concessionária Sandrecar / Santo André-SP e avaliei os concorrentes na hora de adquirir.

    Na concessionária Nissan Tókio (Santo André/São Bernardo) fui mal atendido. Vi o carro por dentro, sentei nele, vi tudo e nada de um vendedor levantar da cadeira e vir me atender. Imaginei como ia ser boa a pós-venda da Nissan e fugi.

    Outro problema que me deixou com pé atrás foi o preço das revisões e manutenção do carro.

    ResponderExcluir
  59. Tenho um Focus, adquirido na boa concessionária Sandrecar / Santo André-SP e avaliei os concorrentes na hora de adquirir.

    Na concessionária Nissan Tókio (Santo André/São Bernardo) fui mal atendido. Vi o carro por dentro, sentei nele, vi tudo e nada de um vendedor levantar da cadeira e vir me atender. Imaginei como ia ser boa a pós-venda da Nissan e fugi.

    Outro problema que me deixou com pé atrás foi o preço das revisões e manutenção do carro.

    ResponderExcluir
  60. http://www.noticiasautomotivas.com.br/presidente-da-ford-ganha-pequeno-bonus-de-56-milhoes-de-dolares-em-acoes/

    Agora sim eles compram o tigre branco...

    ResponderExcluir
  61. Há cerca de 1 mês atrás, comprei um Tiida SL. Depois de ter avaliado várias opções, estava justamente entre o Focus e o Tiida. O que de fato me motivou a optar pelo Tiida foram, basicamente, 2 fatores:

    1- o jeitão minivan dele - sou casado, pretendo aumentar a familia em breve, e viajo com freqüência nos finais de semana, muitas vezes com familiares. Em termos de espaço interno, ele é realmente impressionante, o espaço no banco de trás para passageiros é sensacional. Como sempre gostei de carros com bom desempenho (vinha de um Escort XR3 1.8, seguido de uma Siena HLX 1.8), vi no Tiida algo como uma "minivan esportiva", se é que dá para imaginar o que seria essa categoria rs.

    2- Relação preço vs. o que o carro oferece. Paguei no Tiida SL, com itens de segurança (airbag, ABS+EBD), piloto automático (que faz uma bela diferença numa viagem longa!), forração em couro, que é de ótima qualidade, muito agradável ao toque mesmo, etc. - cerca de $100 mais barato (ou seja, praticamente o mesmo preço) do que a Ford me ofertou pela versão de entrada do Focus, com motor 1.6 e forração de tecido - de muito boa qualidade também, justiça seja feita, mas inferior em comparação a de couro do Tiida - sem itens de segurança, piloto automático etc. Equipado, a semelhança do Tiida, o Focus passaria do $63K com motor 1.6, e iria a uns $70K com motorização 2.0 - quase $20K a mais do que paguei no Tiida. Isso pesou MUITO: afinal, falamos de 20 mil reais DE DIFERENÇA!!!


    Com relação ao visual, é preciso admitir que o Focus me agradava mais. No entanto, não acho, mesmo, que o Tiida seja "feio de doer", como dizem alguns. Acho ele de perfil até bem bonito, assim como a traseira, que também não mexeria. Mexeria apenas na frente dele, que parece um PT Cruiser, mas que não combina com nada mais no carro.Com 1 mês, ainda não dá para ter uma opinião completa, mas até então:

    gostei:
    - Desempenho. A "minivan" (rs.) realmente anda, e o cambio de 6 marchas, bem curtinhas, faz ser bem divertido arrancar com ele;
    - Conforto. Muito silencioso, bancos maravilhosos (único senão o encosto da cabeça, muito recuado), ar-condicionado digital, etc.
    - Espaço interno - a maioria das pessoas se surpreende bastante quando senta no banco de trás. Tenho 1,80 e, com o banco regulado para mim, sento atrás do banco do motorista, com as duas pernas juntas e retas, 90 graus com o encosto, e minhas pernas não encostam no banco do motorista. O teto, alto para um hatch médio, dá uma sensação boa de amplitude também;

    não gostei:
    - Regulagem da suspensão. Um pouquinho dura, privilegia a estabilidade, fazendo com que o carro, mesmo alto, seja bom de curva (o que, de certa maneira, é positivo).Mas, se você acertar um buraco na rua daquele jeito, coisa não muito rara nas ruas do Rio de Janeiro, o barulho não é legal de ouvir: é seco, de ferro com ferro. Enfim, será que não daria para conciliar o melhor dos 2 mundos?;
    - O botão do computador de bordo, que fica no meio do painel de visualização, atrás do volante, tornando praticamente inviável mexer nele com o carro em movimento;
    - O reflexo do plástico cromado nos vidros frontais laterais também incomoda um pouco, quando necessário utilizar o retrovisor.

    Enfim, acostumei com a carranca dele, ando desviando dos buracos na rua e mexo no comp. bordo no sinal vermelho, mas ainda assim estou muito satisfeito com o carro.

    Sds,

    ResponderExcluir
  62. Ah!, e claro - completando - continuando achando um bom negócio, para quem o design do carro não é um fator tão crítico assim (meu boi já tá na sombra rsrs, foi-se o tempo que tirar onda com um carro que entortava o pescoço era tão importante assim...) comprar um Tiida em lugar do Focus.

    []s,
    JLessa

    ResponderExcluir
  63. Acho que essa conta dos 20k, ao menos em SP não bate não heim...
    Ahhh... e o tecido dos bancos do Focus não é lá grande coisa não, a textura poderia ser melhor, sem dúvida.

    ResponderExcluir
  64. Fabio,

    Como eu falei, "quase 20 mil de diferença"... paguei $52,5K no Tiida SL mec. A oferta da Ford pelo 2.0 Titanium manual era de $71K , logo a diferença era de $18,5K, para ser mais preciso. Poderia optar pelo GLX também, com banco de couro mas sem o teto solar, por $66K, mas ainda assim a diferença seria de cerca de $13,5K, o que pra mim ainda era significativo...

    ResponderExcluir
  65. Em Santo André pago 56k num GLX.

    ResponderExcluir
  66. 56k no GLX 2.0 ou 1.6? Eu falava do 2.0...

    ResponderExcluir
  67. JLessa, não é tanto questão de querer tirar onda... mas acho que é muito importante comprar um carro com linhas (e cor) que agradem, pois quando compramos um carro, querendo ou não ele passa a fazer parte do dia-a-dia de nossas vidas por alguns anos, e é muito melhor quando essa convivência é prazerosa.

    Sobre o Tiida, acho o hatch legalzinho, mas o sedã é meio esquisito.

    ResponderExcluir
  68. Oi Alexandre,

    Entendo seu ponto de vista, mas acho que, as vezes, essa coisa do carro com linhas atraentes, sei lá... acaba sendo super-valorizada em detrimento da segurança e do conforto, dentro outros fatores. Claro que o ideal seria o melhor de tudo (lindo, seguro, confortável, etc.), mas a maioria de nós (eu pelo menos rs), mortais, esbarramos no limite do orçamento que dispomos, e no fim precisamos privilegiar alguns desses aspectos, por vezes em detrimento de outros.

    No meu caso, segundo minha lista de prioridades, a questão da beleza do carro pôde ser levemente prejudicada em função do desempenho e conforto... claro que há exceções, de carros HORRÍVEIS, que nem mais baratos com toda a segurança e opcionais do mundo salvam rsrs., mas não creio que o Tiida se encaixe nesse perfil - pelo menos no meu gosto.

    Com relação ao sedan, é verdade, ele é bem esquisitinho... se, no hatch, acho que a frente não combina bem com o resto, no sedan nada combina bem rs. Mas, se Logan vende bem, imagino que tenha público, né? []s!

    ResponderExcluir
  69. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  70. Olá JLessa

    Agora entendi seu ponto de vista tambem. Concordo que a decisão tem que ser balanceada entre diversos fatores.

    O que eu quis dizer sobre o carro precisar ter aparênca agradável, é que, não necessariamente precisa ser o carro mais bonito, mas pelo menos o seu visual não deve desagradar ou incomodar (estou falando de carros em geral, não especifico ao Tiida).

    Pois, tem gente que compra carro sem gostar do visual (ou seja, que acha feio), na esperança de "com o tempo acostumar"... Mas no final pode acontecer justamente o contrário, enjoar!

    ResponderExcluir
  71. Não gosto desse tipo de comercial. Piora a qualidade da TV aberta, que já é ruim. Não vejo nesse lixo nenhum destaque em criatividade, apenas quebras de regras de conduta.
    Bem humorado? Talvez, mas de muito mau gosto. Não soma nada!

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.