JAC: CARRO BARATO?



A recente avaliação do JAC feita pelo Bob teve uma audiência incrível, ultrapassando rapidamente o nosso até então eterno campeão de acessos, a avaliação do Agile. O interesse pelo carro é grande, auxiliado por uma campanha publicitária com o apresentador de tevê Faustão.

Tenho ouvido vários comentários de pessoas impressionadas com o carro, principalmente pelo fato de que é um carro completo, inclusive com ABS, airbag e seis anos de garantia pelo preço anunciado de apenas R$ 37.900,00. Realmente hoje em dia é um preço bem competitivo, e o carro merece a atenção que recebe. E espero que venda muito bem, e mude o mercado atual em termos de conteúdo. Nós, os consumidores, só temos a ganhar com isso.

Mas numa nota mais pessoal aqui, eu não fiquei tão excitado com o carro, apesar de estar na faixa de preço em que costumo comprar meus carros. E o por que disso prova que propaganda é realmente a alma de qualquer negócio.

Eu não fiquei pessoalmente animado porque comprei dois carros zero por R$ 37.500,00 reais, um em 2005 e outro em 2010, e acho que fiz melhor negócio. De novo, digo isso por motivos pessoais: não preciso nem quero ABS, e airbags também não estão entre os itens que considero essenciais num automóvel. Seis anos de garantia? Deus me livre ter que ficar voltando em concessionária a cada seis meses para troca de óleo do motor! Eu quero um carro que nunca precise disso, que seja sólido e confiável. Como os dois que comprei - embora nos novos Focus o período de troca de óleo seja o mesmo, seis meses.

E meus carros, tirando os três itens mencionados acima, têm tudo que um JAC tem, e são em uma categoria acima de tamanho. Até a potência é similar. Impressionante que o fato deles terem custado tão pouco ser completamente desconhecido do público.

Mas o fato é que o carro foi descontinuado ao final de 2009, e portanto nada disso importa. Sem ele no mercado, o JAC é realmente um ótimo negócio, e de novo, espero todo o sucesso para ele.

Só fico muito chateado com a Ford, que substituiu um carro que provavelmente continuaria comprando a cada cinco anos por um outro mais pesado e dez mil reais mais caro. E por incrível que pareça, teve aumento significativo de suas vendas com isso! Inacreditável...

Para quem ainda não adivinhou, o carro é o Ford Focus MkI, de primeira geração, que em sua versão básica de 1,6 litro e pneus 185/70 R14, é o melhor carro que já tive em análise objetiva.

MAO


77 comentários :

  1. E isso ai! isso e Brasil! infelizmente!!!

    ResponderExcluir
  2. Me sinto na obrigação de comentar esse seu texto... O postador deu erro e vou ter que digitar tudo de novo, mas aqui vai:

    Os equipamentos que você despreza, como AB2 e ABS, custam uns 3 mil reais pra equipar um carro novo (tirando pela média que vejo nos preços praticados), então tira esses equipamentos do JAC e ele custaria 34500.
    Agora, numa época em que todo lugar tá fazendo seus NCAP, e que você deve saber bem que sem AB2 nenhum carro tira uma nota boa (por que será ?), como você quer que uma marca nova se estabeleça no mercado? Com notas ruins logo num teste de segurança?

    Outra: O Focus antigo tava barato porque não tinha motivos para ser vendido no preço da concorrência, tava com o visual cansado e não tinha mais o argumento da novidade, não dava mais status. É o que acontece com o Astra hoje em dia. E como tava saindo de linha, provavelmente a Ford tava fazendo um queimão de estoque.
    Daí, é fácil falar que o J3 "tá caro" e que o Focus "foi barato".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sera que o autor do texto entrou numa dissonância cognitiva e tentou justificar que o carro dele era melhor ou que a compra foi melhor? huauhahua

      Excluir
  3. Thales,

    Como eu disse, pessoalmente eu prefiro o Focus. Se vc preza ABS e Airbag, é outra conversa... Mas não esqueça que o Focus é maior que o JAC.

    E o Focus 1.6 sempre foi barato, não apenas quando "velho e cansado", coisa que sinceramente, estou andando para...

    MAO

    ResponderExcluir
  4. Não gostar de abs ou airbag não exclui o fato de tais equipamentos custarem um bom dinheiro. Compare um FOX, Agile, ou qualquer outro carro dessa categoria com tais equipamentos e veja o valor. Aí voce consegue analisar se o carro é barato ou não.

    Não se esqueça também que o chinesinho entre no país pagando todos os tributos incidentes sobre um carro nacional, além de imposto de importação, que não é nada desprezível.

    Mas aí vc fala, "ah....mas o valor é mais baixo porque o chines é quase mao de obra escrava". Concordo. E o que falar dos coreanos, cujos trabalhadores ganham muito mais?

    Não acho que o JAC seja barato. Os carros nacionais que são extremamente caros.


    Marco

    ResponderExcluir
  5. Não esquecer que todos os equipamentos do Jac bem como o próprio, são CHINEZES, portanto com a qualidade inerente aos produtos daquele país.

    ResponderExcluir
  6. Acho prematura uma opinião. Confiança se adquire ao longo de anos, não é dando uma volta ou pegando uma estrada que se pode formar conceito de qualidade e durabilidade. Qualidade tem custo, acredito que a industria nacional seja obrigada a vender seus carros ao preço que vendem. Não acredito na qualidade do chines, ainda não!

    ResponderExcluir
  7. Marco,

    Entendo sua opinião, mas dá pra ver que ela não é, nem de longe, uma análise do mercado, e nem do J3 em si... Só demonstrou os preconceitos que vários de nós temos sobre os chineses, por agora.

    ResponderExcluir
  8. ThalesSR, voce é de nacionalidade chinesa, não é?

    ResponderExcluir
  9. Olavo Fontoura27/03/11 18:33

    Anônimo,

    Não sei se esse Thaels aí em cima é chinês, mas você tenho certeza que é um grande baba ovo...

    ResponderExcluir
  10. Anônimo e Olavo,
    Não, não sou chinês, nem descendente de chinês, e nem fã de marca chinesa. Inclusive, não compraria nenhum carro chinês por agora.

    O problema é que a comparação do Marco foi bastante tendenciosa.
    O JAC é barato? A preços de Brasil, aparentemente sim. Mas ainda não provou ter qualidade e principalmente confiabilidade, e é por isso que o preço, na verdade, considero "normal". Se fosse um Gol ou Palio nesse preço (com esses equipamentos), aí sim eu acharia barato.
    Mas falar 'ah, um focus que saiu de linha e menos equipado que o JAC saiu o mesmo preço... então o JAC tá caro', ficou incoerente.

    ResponderExcluir
  11. Fiz um comentário sobre esse carro a alguns dias atrás, ainda continuo com a mesma opinião.

    http://www.youtube.com/watch?v=MCRQcJSMOCQ

    ResponderExcluir
  12. Pedro Navalha27/03/11 18:52

    Nossa indústria automobilística é que nem o MAO, também não gosta de ABS nem de Air bag. Eles só vão colocar nos carros por decreto governamental, logo depois vão aumentar os preços e o consumidor otário com certeza vai pagar...

    Que seja bem vinda toda concorrência! O problema é que logo os chineses vão ver como é fácil ganhar dinheiro aqui e também vão aumentar os preços.

    É muito fácil ganhar dinheiro no Brasil. Vai ver lá fora!

    ResponderExcluir
  13. Olá,

    Incrível mesmo é o preconceito, mas não esqueçam que iPhones (e todos os produtos da Apple), Playstations, XBox e tantos outros produtos badalados são fabricados na China.

    ResponderExcluir
  14. MAO,

    de fato sou mais um a quem o JAC não atrai, muito menos excita. Não quero e nem preciso de ABS, roubando suas palavras. Muito menos controle de estabilidade e tração, que já estão virando sonho de consumo em carros acima de 80 mil reais.

    O nosso Focus(um GLX MK1 2005, hoje está rodando com meu avô paterno, mais de 110 mil km, íntegro plenamente), não só nos atendeu perfeitamente enquanto rodamos com ele como também foi o carro mais espetacular que já tivemos, acima até do Fusion, ultimo carro de meu pai que foi vitimado em janeiro por uma estrada sem o mínimo escoamento de água e sem acostamento.

    Perfeito dinamicamente e andador é o que resume o Focus antigo.

    Testei o JAC J3 por um dia inteiro, justamente tentando procurar as enormes vantagens do modelo que são tão citadas. Não encontrei nada que justifique andar em um carro que tem tudo pra ser "seguro" e em sua estrutura é frágil como compensado de madeira, mesmo com esse preço, dito ótimo. Ka 1.6, Logan 1.6 e outros dessa linhagem tem custo-benefício bem mais atrativo ao meu ver.

    ResponderExcluir
  15. concordo que a opinião do MAO foi incoerente.
    Não é porque ele não quer ou gosta de Air Bag ou ABS que torna o Focus mais barato.

    Ele pode ser "melhor" pro gosto dele, porém seria mais caro que o J3, principalmente lembrando que pra ter um Focus com ABS e airbags na época daquela compra você precisava comprar um modelo Ghia 2.0.

    Outro ponto a comentar, mais ainda sobre o artigo antigo: que incoerência maior ainda é achar que ABS e air bag são supérfluos. Aposto que na época da implementação do cinto de segurança obrigatório tivemos vários comentários similares.
    Todos equipamentos que aumentam sua chance de sobreviver em um acidente são válidos e deveriam ser obrigatórios (ou exigidos pelo mercado).
    Mas acho que alguns só percebem isso quando estão naquele segundo em que tudo é muito rápido e sua vida passa em um filminho na sua cabeça.

    ResponderExcluir
  16. Thales,
    você me parece o típico cara que anda de Fox, sonha com Jetta e quer um ix 35, em suma, um mané.

    ResponderExcluir
  17. Se o I30 que é feito na Coréia do Sul e teoricamente paga imposto e frete pra chegar no Brasil chega num preço mais em conta que os nacionais e gastando 10000 em propaganda por cada carro, um chinês feito com mão de obra bem mais barata tem que custar só isso mais barato? Um Fiesta Rocam 1600 é um compacto feito aqui no Brasil e sai por 39000 (1500 a mais) na configuração equivalente.

    O mesmo Jac J3 vendido aqui, é vendido na china pelo equivalente a 10.000 reais.

    PONTO FINAL!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não se esquece que aqui vale tudo.....e tem bobo para tudo....

      Excluir
  18. Kevin de la Nóia27/03/11 19:49

    E você anônimo, é a última empadinha que o pessoal come na festa???

    ResponderExcluir
  19. Sem Duvida o old Focus é muito mais carro, carro perfeito dinamicamente, comportamento irretocavel em curvas susp multilink, no 1.6flex anda muito bem com seus 113cv e no duratec 2.0 é um canhão..
    e tudo a preço de Agile, de Jac e outras tranqueiras.
    Status, quem precisa disso, eu não.

    ResponderExcluir
  20. Anônimo,
    Você é tão macho que não tem coragem de dar a cara a tapa. Pra gente como você, dou meu silêncio.
    Passe bem.

    O J3 é vendido a 10 mil reais na china? Ok, parabéns pra gente que vai pagar 40 mil nele.
    O Focus é vendido a que preço na Europa?

    ResponderExcluir
  21. Tentem viver hoje em dia sem nada construído ou montado na China. Aposto que ninguém consegue. Mesmo em carros de "marca" muitas coisas vem da China, recentemente a Fiat mesmo usava rodas de liga leve importadas da China.
    JAC e todas as outras estão chegando pra mudar todo o cenário de carros, vai ser interessante ver o que as "4 grandes" vão fazer pra sentar segurar a boiada chinesa.

    ResponderExcluir
  22. José Antônio27/03/11 20:01

    Bolsa inflável não salva tantas vidas como a maioria pensa. Recomento ler esse artigo (e outros aqui no AE)

    http://www.jalopnik.com.br/conteudo/polemica-do-air-bag-seguranca-placebo-ou-mais-perigo

    Isso é mais eficaz:
    "Então, esta é a história: um norte americano chamado Chuck Kelly estava dirigindo tranquilamente a bordo de sua Dodge Ram Quad-Cab 4x4 Hemi, quando um Ford Focus passa batido pelo sinal vermelho. Praticamente um dardo prateado."
    Resultado:
    http://3.bp.blogspot.com/_Sietc2bui1Y/SYdfm21OBJI/AAAAAAAABf8/6RFwvgwuscQ/s400/crash.jpg

    Garanto que os poucos defensores pagarão para repor o sistema caso seja utilizado em uma batida fraca.

    Como extra, indico um vídeo de um jênio defensor das bolsas infláveis:
    http://www.youtube.com/watch?v=dBvewpLnPvw

    ResponderExcluir
  23. O Focus na Alemanha custa a partir de 17800 Euros.

    Na Inglaterra, 15000 Euros.

    Por que a pergunta?

    ResponderExcluir
  24. Muito bom o comentário do Leonardo: "Outro ponto a comentar, mais ainda sobre o artigo antigo: que incoerência maior ainda é achar que ABS e air bag são supérfluos. Aposto que na época da implementação do cinto de segurança obrigatório tivemos vários comentários similares."

    ResponderExcluir
  25. Aos imortais que acham que o AirBag é uma farsa, ou uma perfumaria, sugiro entrar no site http://www.latinncap.com e ver a diferença de um carro com e sem airbag... tem com nossas carroças feitas no Brasil

    ResponderExcluir
  26. Isso o NOVO focus, que aqui começa a partir de 55 mil, né?
    E que já vem BEM mais equipado do que o básico daqui?

    Vamos comparar direito.

    ResponderExcluir
  27. Concordo que oFocus era um ótimo carro a um preço excelente. Nunca pude entender alguém pagar 50 mil por um Eca!Sport ao invés de 36 mil por um Focus.

    Mas daí a desprezar um ABS, um airbag, dizendo que não são necessários, é prestar um desserviço à segurança automotiva!

    WSE

    ResponderExcluir
  28. No minha opinião, o problema não é específico a comparar um carro chinês "x" com um nacional "y". Mas sim, a abordagem dos chineses de um modo geral: eles estão sempre vindo com o argumento que o carro é "mais completo pelo mesmo preço". Só faltaria começarem a falar de uma relação "preço x equipamentos de série" nas comparações que fazem!

    A consequência disso é negativa: incentiva os compradores, sobretudo os mais leigos, a só olharem a "lista de equipamentos" ao comparar dois carros.

    E com isso, acabam ficando esquecidos aqueles itens que não aparecem nas listas (por serem subjetivos), mas que são tanto ou até mais importantes, como: dirigibilidade, conforto, resistência, acabamento, etc...

    E se a maioria dos consumidores não se importar com isso, as fabricas nacionais também vão perceber e os carros poderão piorar nesses aspectos (embora fiquem mais equipados para competir com os chineses).

    Nesse contexto, o exemplo do tópico é perfeito, pois, mesmo um pouco mais pelado, o Focus com certeza ainda é mais carro (por melhor que seja o J3).

    ResponderExcluir
  29. J3 é uma proposta a ser analisada, se tivesse dinheiro comprava para fazer o teste...
    Discordo na parte dos itens de segurança, ABS e Airbag são importantes sim, tem muita gente aí que não sabe freiar um carro e se acha o piloto...
    Anderson Dias - www.carrosinfoco.com.br

    ResponderExcluir
  30. Não gosto, nem confio em produtos chineses e não considero preconceito, mas precaução. Afinal depois da invasão dos xinguelings, não consigo comprar um guarda-chuva que dure ao menos um inverno, uma lâmpada PL que dure como duravam as antigas nacionais de filamento, e tantas outras coisas. A má fama da qualidade dos produtos chineses, não vejo como injusta. Vem da farta, dolorosa e compulsória experiência que temos tido nos últimos anos.
    Não sei se o MAO quis dizer o que entendi. Mas, para mim as marcas chinesas estão seguindo os passos dos nossos antigos colonizadores, trazendo espelhinhos e outros brilhos falsos. Empurar güela a dentro o que não se precisa, só porquê é moda?
    Além do mais, vejo o risco dos itens de conforto em pouco tempo se transformarem em grandes dores de cabeça. Não espero muita durabilidade dessas perfumarias chinesas.

    ResponderExcluir
  31. Andersongtr,

    Perfeito, essa sim pode ser a discussão correta. O Focus é mais caro (SIM, mais caro SIM), porque tem um projeto melhor. Fazer um CARRO melhor é caro, pendurar trecos nele é barato.

    Só não concordei com a forma como o MAO colocou os argumentos.
    Os chineses ainda têm que provar seu valor pra poderem competir de igual pra igual com os europeus, americanos e japoneses (... e coreanos...). Enquanto eles não comprovam certos argumentos como SEGURANÇA, PROJETO, e CONFIABILIDADE (podem até ter esses atributos, mas lhe falta tempo de mercado para comprovar), têm que apelar pro preço mais baixo, a exemplo das coreanas.

    Agora, o MAO quis usar o focus antigo como exemplo de um carro "de mesmo preço" e que é "melhor". E esse argumento não se sustenta. Se for por isso, o Astra Sedan dá de pau em Corolla e Civic... Tem tudo que eles têm e custa bem menos. "Ah, mas o Astra é defasado", sim, tá há muito tempo no mercado, tem o visual mais cansado, por isso ou a GM baixa o preço ou então não vende. E assim ele passa a concorrer com carros de um patamar inferior.
    O mesmo aconteceu com o Focus em questão... É um bom carro, mas com bastante tempo no mercado. Como não é novidade, a Ford não pode cobrar alto por ele, senão não vende. E o Focus tava pra sair de linha, então teve aí uma queima de estoque.
    Outro ponto foi desmerecer os equipamentos de segurança do JAC pra afirmar que os dois teriam o mesmo preço. Todo fabricante hoje quer passar bem nos NCAP pra conseguir fazer um modelo ser bem aceito no mercado. E sem esses itens nenhum carro tira nota boa. Aí, o Focus em questão, que não tem esses equipamentos, fica com o mesmo preço do J3. Provavelmente o Focus ainda não tem rodas de liga leve (o J3 tem), mas nem menciono por ser mais estético do que funcional, apesar de representar mais um fator pra aumentar o preço do carro.

    Só repetindo, o Focus é mais carro que o J3 sim, tem um melhor projeto. Mas cobra por isso, obviamente.

    Fazendo um paralelo, então o J3 tá barato SIM. Assim como um hiphone (que custa 200 reais) É BARATO comparado a um iphone (que custa mais de 1000 reais). Mas não precisa nem falar qual é melhor né.

    ResponderExcluir
  32. Tomara que não pegue e baixem ainda mais o preço, mal chegou e já está "hypado". Barato seria se custasse 30 mil com todos esses equipamentos. 37 paus num carro de marca desconhecida? Não obrigado, meu dinheiro é muito suado para testes desse quilate.

    Maran

    ResponderExcluir
  33. MAO
    Só discordo de você no que diz respeito à garantia. Essas garantias estendidas são sempre vantajosas para o consumidor. Normalmente você fica preso apenas à mão de obra da autorizada (pode levar óleo e peças de fora, a menos que esteja especificado o contrário nos termos da garantia).

    Cansou de ficar preso à autorizada? Confia no carro? Basta deixar de fazer os serviços lá. A garantia estará automaticamente cancelada.

    Não vejo desvantagem em momento algum. O Fiat Uno, por exemplo, só te "prende" por um ano, mas apresentar defeito no 13º mês, estará fora da garantia...

    No caso das garantias estendidas, o consumidor ao menos tem o direito de optar se quer ou não.

    ResponderExcluir
  34. Essa discussão realmente depende do ponto de vista da abordagem.

    A minha ótica é a seguinte: os carros de 1,6l estão com preços bem mais atraentes, aproximando-se dos de 1-L com opcionais. Àqueles que privilegiam trem de força, com sacrifício de alguma comodidade, isso é relevante.

    A título de exemplo, cito uma promoção da Volks, aqui no Rio: Gol 1,6l básico a R$ 31.800,00.

    Ou Corsa 1,4l c/ os principais opcionais a R$ 32.500,00

    Esta é a hora de aproveitar a concorrência entre Gol e Uno para fazer um negócio satisfatório.

    ResponderExcluir
  35. Pra um carro pra cidade, a única coisa que esse Focus oferecia de bom, segundo a descrição, é o aro14.

    ResponderExcluir
  36. Sou + o Lifan 320...

    ResponderExcluir
  37. João Gabriel Porto Bernardes28/03/11 01:15

    É...Vamos ver se dessa vez o barato não vai sair caro..Ainda é cedo pra avaliar a questão de assistência técnica...

    ResponderExcluir
  38. Alexandre - BH -28/03/11 02:21

    Com todo respeito ao prezado MAO, não há argumento que sustente questionamento sobre a faixa de preço do JAC que, é sim, baixa em relação aos concorrentes e aos padrões brasileiros. Qualquer modelo nacional com o mesmo nível de equipamentos não sairia por menos que gananciosos R$ 50 mil. Agora, se dúvidas forem levantadas em relação à durabilidade do carro, assistência técnica e deformação da carroceria em colisões, a conversa toma um rumo razoável.

    ResponderExcluir
  39. Se o BOB falou que o carro chinês é bom, é pq bom, oras! Pq vc acha q pode discordar?

    ResponderExcluir
  40. Fica ao menos uma lição dos carros chineses. Cada vez menos os fabricantes nacionais poderão usar os kits "connection", "visibilidade", "elétrico I",, elétrico II" "aparência", etc, etc, para jogar a margem de preço nas alturas. Um Fox 1.6 básico custa aproximadamente 40 mil reais. Com todos os opcionais disponíveis, vai para mais de 60 mil reais. Ora, é óbvio que todos os equipamentos agregados não custam à VW os 20 mil que eles repassam para o consumidor. Usei a VW apenas como exemplo, mas todos os nacionais fazem isso. A boa notícia é que o preço dos automóveis vem caindo, vide Renault e Ford, que vêm reduzindo consistentemente sua tabela.

    ResponderExcluir
  41. Sinceramente não consigo achar esse carro barato. Quando diziam que os chineses iam chegar botando pra quebrar nos preços acho que criei muita expectativa. Entre um J3 e um velho Fiesta, vou no Ford. Ou no Sandero. E só não no Gol pelo preço do seu seguro.

    ResponderExcluir
  42. Comprar um veículo chinês é dar emprego para China, ao invés do nosso povo. Vamos torcer que esses chineses não tomem conta, pois se acontecer vai aos poucos sucatear nossa indústria.

    Só compraria um carro de empresa com tradição, e isso exclui tudo que vem do oriente. (Lifan, JAC, Hyundai, etc)

    Dá-lhe industria nacional. GMs, Fords, Fiats, PSA, etc.

    GiovanniF

    ResponderExcluir
  43. Os chineses ao menos foram competentes em expor o produto nacional deles no mercado internacional. Vemag, Romi, Puma, SM, FNM hoje são parte da história, apenas. Engolidas por multis.

    ResponderExcluir
  44. Comparar um Focus, mesmo que na versão "pé de boi 1.6" com um JAC J3 é o mesmo de comparar o JAC com um Celta. São categorias diferentes e sabemos que o Focus só estava com bom preço pq sairia de linha.

    As pessoas que vêem o JAC com desdém comparam seu acabamento com carros de níveis superiores, comparam os opcionais com carros mais completos, mas esquecem que na faixa de preço dele só tem carroça 0km, ou carro que tá pra sair de linha, que precisam "desovar".

    Eu to torcendo pro JAC dar certo, afinal de contas já que o carro virou bem descartável no nosso país (veja o preço dos usados, o abuso de desvalorização), nada melhor que gastar pouco e comprar um carro mais completo que as carrocinhas vendidas por aqui.

    Sobre a Hyundai, só vende bem pq os preços são mais baixos, aí o pessoal prefere comprar um Azera V6 do que comprar um Corolla, óbvio. Mas com o tempo eles aumentam os preços, acreditem.

    ResponderExcluir
  45. Vejo esses carros chineses da mesma forma que os MP5,6,7,8,9,x que vendem no mercadolivre. Projetos mal feitos e com grande oferta de coisas que não quero,nem uso e que não vão cumprir o que prometem ou pelo menos, não por muito tempo.

    Dos grandes trunfos que o JAC oferece, o único que me parece plausível é o ABS, e mesmo esse ainda teria dúvidas se vai realmente funcionar quando for preciso.

    Garantia de 6 anos? Aposto que tem resalvas no contrato.

    Lembro de quando um colega comprou uma moto da Sundown, ele tentando quebrar meu ceticismo disse "tem tantos anos de garantia total, e é a mesma mecânica da Honda", hoje não tem nenhuma concessionária a menos de 200km daqui, não acha peças nem na internet e a "mesma mecânica da Honda" vive quebrando peças.

    ResponderExcluir
  46. Com essa estratégia, os Chineses vão diminuir para alguns anos o que os Coreanos levara uma década para fazer!

    ResponderExcluir
  47. Leonardo F. Prado28/03/11 12:48

    Sempre que falam a respeito do Focus aqui no blog me sinto na obrigação de comentar.
    Sou fã mesmo do carro, continua tendo um bom custo benefício, mas já foi melhor. Excelente máquina, cumpre o que se propõe a fazer por preço amigável frente os outros e oferece prazer a quem dirige.
    Os mais antigos diriam que Ford é furada, manutenção cara, quebra fácil.. balela. Obviamente a manutenção de um Focus é mais cara que a de um Mille, mas vale o que pesa, além do que são raros os casos de problemas que não estejam previstos na manutenção rotineira (e aí entra o fator cuidado do motorista com a máquina).
    Falando do J3, acho ótimo mesmo que entrem mais concorrentes no mercado brasileiro que é marcado por abusos de todos os lados. Com a maior oferta de bons carros a preços menores que os demais (o que não quer dizer baratos), cria-se uma pressão para que todos façam o mesmo. O papel do consumidor é crucial pra que o Brasil melhore no sentido de fornecer carros decentes a preços justos seja eles destinados a autoentusiastas ou donas de casa.

    ResponderExcluir
  48. Acho plausível comparar com o Focus 1.6. Prefiro uma suspensão traseira independente do que sensor de ré, computador de bordo, controlador de velocidade de cruzeiro, etc, etc. E o Focus é maior e com o acabamento mais esmerado. Custou 40 mil durante um bom tempo, bem antes de sair de linha.

    ResponderExcluir
  49. Sem entrar no mérito da comparação entre Focus e J3, acho que a melhor forma de afirmar que o carro é barato ou caro é descobrir quanto ele custa em seu país de origem e quanto equivale em Reais.

    Um J3 completo na China custa 55.800 yuans o que dá R$ 14.200,00 sem impostos. Se considerarmos um frete de R$ 2.000,00 por carro o valor dele com impostos chegaria em R$ 28.500,00.

    O resto é margem de lucro do seu Habib...

    Tá caro!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  50. Pessoalmente, sou partidário de ter um carro com ABS e air bag, visto que, muitas vezes - em uma frenagem totalmente inesperada - o "piloto" pode não estar em seus melhores dias...e basta acontecer UMA vez para uma vida (ou várias), serem completamente comprometidas.

    Se o carro chinês já agrega isso no preço, talvez já seja hora das fábricas brasileiras reverterem um pouco o fluxo de dividendos enviados as matrizes, e começarem a aplicar mais esses recursos em engenharia e melhoramento de produtos e processos.

    O old focus era um bom carro, mas não dá para insistir eternamente nele, mesmo que sendo um ótimo projeto. Se o focus de nova geração tivesse um preço mais convidativo - e mais torque no motor - o modelo anterior seria esquecido rapidinho, rapidinho...

    Mister Fórmula Finesse

    ResponderExcluir
  51. Alexandre - BH -28/03/11 14:11

    Xará Alexandre, eu também já tive o mesmo raciocínio que você e cheguei à mesma conclusão. Mas a questão é mais complexa. Se o importador vendesse o carro pelos R$ 28 mil que você sugere, teria sérios problemas com os outros fabricantes. Pode ter certeza que no dia seguinte uma caravana de executivos estaria batendo às portas do Congresso Nacional e do Palácio da Alvorada, alegando concorrência desleal. A composição de preços de carros no Brasil é uma caixa preta que ninguém consegue desvendar. É mais fácil descobrir a fórmula da Coca-Cola! Fato é que as margens de lucro são altíssimas e parece haver um ‘acordo entre cavalheiros’, igual acontece com o preço dos combustíveis. E o pior de tudo: o consumidor brasileiro aceita pagar. Sendo assim, ninguém vai chegar botando banca pra valer, jogando preço lá embaixo. Tudo vai depender do amadurecimento do consumidor.

    ResponderExcluir
  52. Vocês querem que o Sr. Habib não tenha lucro? Tem o lucro dele, das concessionárias, pagamento dos funcionários, vendedores, desenrolar alfandegário para peças e produtos... vocês tão loucos.

    O cara não é filantropo. Se ele vendesse o carro por 28 mil que estão sugerindo, ele ia pagar os funcionários com o que? Grama?

    Quer saber? Brasileiro gosta mesmo é de pagar caro nas coisas... vive se orgulhando de pagar caro em coisas importadas pq é "chique", quando chega alguém aqui disposto a peitar o povo assusta.

    Tomara que dê certo o J3 e que o Sr Habib enriqueça mais ainda, certo ele que foi atrás e fez, e que está dando a cara a tapa em nome de uma marca de um país que todo mundo tem preconceito mas se olhar debaixo dos controles remotos das suas casas ou no verso dos celulares verão que tudo é fabricado lá.

    Melhor dar dinheiro pros EUA, Itália, França, Alemanha que dar pra China? Pq? Na verdade, fabricante brasileira mesmo só se ferrou até hoje. Que vença a melhor.

    ResponderExcluir
  53. Caros Alexandre e anônimo,

    Não sugeri que o "Habib's" venda seus carros por 28k, foi apenas um cálculo de padaria que fiz para tentar enxergar o tamanho da lucratividade que este setor automobilístico tem aqui em terra brasilis.

    Afinal nem sei se posso considerar 80% de impostos um valor correto, afinal a taxa de importação é de 35% se não me engano, mas como temos uma enxurrada de impostos (ICMS, IOF, IPI, COFINS, sei lá) ou qualquer outro que possa incidir, joguei o valor lá pra cima.

    Quem garante que a margem do idolatrado (por alguns) Sérgio Habib não seja ainda maior?

    Pra mim enquanto consumidor, pagaria 33k nesse carro sem arrependimento, mas nesse atual valor, não vejo vantagem ainda.

    Abrs

    ResponderExcluir
  54. Eu postei no tópico do Bob (o 1º sobre o JAC) a mesma coisa que postei aqui, (mas com os cálculos um pouco melhorados e aproveito para colocar os links de onde tirei as informações, para que não haja dúvidas.

    O primeiro link é do carro e o segundo é do conversor de moedas.

    http://translate.googleusercontent.com/translate_c?hl=pt-BR&langpair=en|pt&u=http://chinaautoweb.com/car-models/jac-tojoy-rs/&rurl=translate.google.com&twu=1&usg=ALkJrhgknyFYWGRiozY95sI1Acevm3mQpw

    http://pt.coinmill.com/CNY_calculator.html#CNY=55800

    ResponderExcluir
  55. Importar um carro não é só trazer o veículo. Fato.

    Desde que essa margem seja usada para pagar bem os funcionários e ter uma ótima manutenção e um ótimo atendimento, acho q vale a pena sim.

    Mas sabemos que isso, muitas vezes, é conto de fadas.

    ResponderExcluir
  56. Entendo que este post deve ser lido somente como uma opinião pessoal, aliás extremamente pessoal e sem nenhum embasamento além do "eu gosto" e "eu não preciso". Porém lamento ver aqui desprezo por equipamentos de segurança como ABS e AB. Considero extremamente infeliz o post sob este aspecto.
    De resto, também não acho este JAC tudo que estão falando, como se fosse o carro do messias. É um bom custo x benefício, tem condições de brigar com igualdade, mas tem outras opções com preços e equipamentos similares.

    ResponderExcluir
  57. Perguntinha básica e insolente: O sr. Habib e o sr. Fausto Silva abririam mão de seus possantes e caríssimos importados pra andar num JAC? Se sim, daí, posso até pensar na remota hipótese de considerar sua compra. Pensando bem, melhor andar nas corroças daqui, pelo menos sei onde achar peças e pessoal pra fazer reparos, sendo que alguns deles, eu mesmo faço. Passo.

    ResponderExcluir
  58. Espero que o J3 venda bem... é preciso dar um susto nos "fabricantes" nacionais...

    Uma coisa que eu realmente não entendo, é não termos um fabricante genuinamente brasileiro

    ResponderExcluir
  59. Anônimo Idiota, você quer dizer que o presidente da volks anda de gol?!

    ResponderExcluir
  60. anonimo 29/03/11 16:49
    Não quis dizer nada, só perguntei e, pelo jeito, você nem entendeu a piada, liga a tecla SAP da próxima vêz que ler algo meio absurdo. Já que citou essa do presidente da VW, fique o sr. sabendo que nos anos 70 ou 80, não lembro, a filha do "todo poderoso" da VW, na Alemanha, mesmo tendo o que quisesse para ir aonde fosse, andava mesmo era de besouro, ou fusca, chame como quiser. Isso pode não dizer muita coisa, mas, com certeza, mostra confiança na marca. E esse JAC, qual é a dele? Dá pra encarar? Tô fora, pouco me importa o que digam, quem vende, quem é o garoto-propaganda e o escambau. Isso é questão de opinião, cada um com a sua e vai de boa. Minha grana eu não enterro nisso e ponto final.
    P.S. esse comentário você pode ler com a tecla SAP desligada.

    ResponderExcluir
  61. O processo de seleção natural dos carros chineses vai durar uns 5 anos aqui no Brasil. Sairão os importadores oportunistas (cara, quem é maluco de comprar um Effa M100 ?) e sobrarão algumas marcas Xing Ling interessantes. Até lá não compro, não. Mas, afirmo, esta concorr~encia é muito boa para as acomodadas montadoras nacionais. Afinal, é o cúmulo do absurdo o cara no comercial da Peugeot dizer que um 207 (206 embonecado)com ar, dh, vidro e trava é tudo o que o brasileiro gosta. Isto sem citar a Jurássica GM Brasil, que parou em um passado bem distante. Que venha a concorrência.

    (ps. Sou Agenor Souza, mas não consigo postar o meu comentário via conta do Gmail...tá dau pau.)

    ResponderExcluir
  62. Srs.
    O que importa mesmo é que apareçam novos concorrentes para fazer as 4 gigas se moverem, cada um desse vendido é um a menos pra eles!

    Vamos esperar o resultado,lembram quando chegaram aqui Honda,Nissan???? Se Coreano tá vendendo (i30) porque nao chinês???

    ResponderExcluir
  63. A comparação com o Focus resulta no fato de que esse J3 está caro (ou o Focus estava barato).

    Porém, tenho que discordar totalmente do MAO ao dispensar o ABS. Em casa temos uma regra: carro sem ABS não entra e ponto final. É um item de segurança fundamental, e sinceramente DUVIDO que o MAO, por mais habilidade que tenha, consiga realmente modular o freio em todas as situações possíveis e imagináveis de chuva e pista de forma tal a nunca travar as rodas nas famosas situações de emergência que o trânsito nos impõe.

    Em pleno século XXI, comprar carro sem ABS é totalmente absurdo.

    ResponderExcluir
  64. "Os chineses ainda têm que provar seu valor pra poderem competir de igual pra igual com os europeus, americanos e japoneses (... e coreanos...). Enquanto eles não comprovam certos argumentos como SEGURANÇA, PROJETO, e CONFIABILIDADE (podem até ter esses atributos, mas lhe falta tempo de mercado para comprovar), têm que apelar pro preço mais baixo, a exemplo das coreanas."

    Concordo com isso, o chineses ainda devem conquistar o mercado, a falta de qualidade ainda é notada e por isso possuem um preço mais baixo.

    ResponderExcluir
  65. Tenho um Focus 1.6 GL e também compartilho da mesma opinião, meu carro é 2008 e fui trocar por um novo, muito em função da garantia, achei o New Fiesta sensancional, ótima posição de direção e mecanica confiavel, porém o preço, lá nas alturas, fiz então um teste no J3 com todos os opcionais disponíveis, achei que o carro foi meio feito na correria e isso da a impressão de fala de conjunto entre motor e caixa, estranho o motor não reduz absolutamente nada quando se tira o pé do acelerador, enfim a concessionaria não tinha nenhum manual da garantia para me mostrar, acho também muito chato ter de fazer revisão a cada 5.000 km o que significa ir lá de 2 em 2 meses. Senti um pouco de compra no escuro que preferi esperar para clarear um pouco as coisas, tomara que venda muito assim provavelmente vai ficar mais barato comprar meu New Fiesta novo.

    ResponderExcluir
  66. Velho, mas limpinho20/04/11 18:53

    Caro Anônimo vendedor da JAC

    Ok vc vir manifestar sua opinião e garantir seu ganha pão. (rimou)

    Só não se esqueça que em 2014 todos os carros deverão vir com ABS e AIR BAG, então esta vantagem que o J3 tem hoje, irá por água abaixo, seja no mercado de novos ou usados.

    O sr. Habib's deveria ter menos ganância e oferecer este produto por uns 34 mil reais, aí o mercado mais consciente começaria a considerar o produto como opção na hora da escolha.
    Se é para pensar assim, vamos ver o Chery QQ que virá por 24mil com os mesmo itens...

    ResponderExcluir
  67. Velho, mas limpinho20/04/11 18:58

    Ué, recebi uma mensagem de postagem nova de um "vendedor" da Jac, mas cadê ela?

    Minha resposta acima ficou orfã e sem sentido...

    ResponderExcluir
  68. Sei que o post é antigo, mas realmente merece um comentário...
    Você pode não querer, mas falar que não precisa de um ABS é demais. Você saberá que precisa disso quando bater, atropelar ou matar alguém pq o freio do seu carro travou as rodas e ele deslizou mais do que deveria.
    É por pessoas assim que a indústria nacional vende os carros mais pelados do mundo. Brasileiro nao aceita pagar 3 mil num freio ABS, mas depois gasta 8 mil colocando som.
    ABS é igual seguro de carro; pagamos para não precisar usar, mas se uma emergência solicitar o uso, ele está ali.

    ResponderExcluir
  69. Carlos Costa14/01/12 17:07

    Caro Alexandre Cruvinel, acredito que você está equivocado de novo nesta reportagem sobre comparativo de preços. Também acho que suas preferências pessoais não vêm ao caso, como dizer que airbag não é um item de importância, isso é você que diz. Se você for comprar um pelado Ford Focus 1.6 zero km ano de 2011 você pagaria R$ 46.200,00, ou seja, R$8.300,00 mais caro e ele não viria com todos os itens do J3.

    ResponderExcluir
  70. Ola, montei um blog para avaliar o J3 do ponto de vista de um consumidor.
    Estou colocando relatos desde a compra do carro ate o preco de revenda.
    Falarei semanalmente sobre todos os itens do carro alem dos pontos fortes e fracos do mesmo.

    Quem tiver interesse confira em:
    http://j3consumidorfinal.blogspot.com.br/

    Obrigado.

    ResponderExcluir
  71. Eu so sei que deus fez o mundo e o restou foi feito na china.

    ResponderExcluir
  72. "não preciso nem quero ABS, e airbags também não estão entre os itens que considero essenciais num automóvel",

    SANTA IGNORANCIA!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo 11/07/12 17:29
      Santa ignorância coisa nenhuma, racionalidade! Disse bobagem.

      Excluir
  73. Negocio da china é comprar focus semi-novo. Carro muito bom e fica barato porque tem desvalorização alta, especialmente no primeiro ano. Tinha um MKI e recentemente peguei um titanium 11/12 com preço ótimo quase 20 mil abaixo, com 11 mil rodados! Quem conhece a tecnologia desta versão sabe o que estou dizendo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo 20/12/12 12:57
      Primeiro, não existe seminovo, da mesma forma que não existe semigrávida. Segundo, nem todo mundo gosta de carro usado. O carro novo tem seu preço, o da desvalorização, mas nada substitui o prazer de sair com um carro 0-km da concessionária. Quem pode, paga por isso; que não pode, parte para um usado.

      Excluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.