A BÍBLIA


Foi lendo e relendo o "Livro do Automóvel – Seleções do Reader’s Digest" que, ainda na infância, adquiri a maioria dos conhecimentos sobre o funcionamento dos diversos sistemas que compõem um automóvel. A fartura de ilustrações e os textos precisos explicavam direitinho como funcionava um anel sincronizador, as diferenças entre as diversas configurações de motores (em linha, em vê, contrapostos) e mostrava até dicas de como conduzir com mais segurança.

É certo que existem outras obras tão boas ou melhores do que essa (o espaço está aberto para dicas), e apesar de já estar datado, não abordando os atuais sistemas de alimentação e ignição controlados eletronicamente, tem minha recomendação como leitura obrigatória para o entusiasta que respira automóvel mas ainda não conhece a fundo as entranhas dessa máquina tão querida.



Ainda me serve com frequência, pois meus pequenos (não tão pequenos assim, já com 7 e 9 anos) volta e meia querem entender como funcionam partes do carro que eles andam quase diariamente, e o livro é a minha ferramenta para explicar detalhadamente o funcionamento do automóvel para eles.

Andei procurando pela internet e não achei nenhuma nova edição. Sobraram os antigos, encontrados até com certa facilidade, graças aos sebos virtuais que invadiram o ciberespaço. Por algo entre 30 e 60 reais, é uma verdadeira pechincha e merece estar na estante de todos nós.

AC

30 comentários :

  1. AC,
    boa dica. Não conhecia, acho que vou procurar um.
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  2. Tenho um desses em casa, em excelente estado de conservação, é um ótimo livro.

    []s

    ResponderExcluir
  3. Ainda vou construir a bancada que consta neste livro. Realmente, ele fala de tudo.

    Sds,

    Cristiano Zank.

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho minha bíblia também. Meu livro de cabeceira, assim como meu Fusca, eram de um de meus tios. Trata-se do Manual de Automóveis, de autoria do espanhol M. (Manoel) Arias Paz.

    A minha edição é em português, do começo dos anos 70, pela editora Mestre Jou. Acredito que dê para achar em sebos, em especial no Estante Virtual.

    Arias Paz, engenheiro militar, lançou a obra nos anos 40 e a foi fazendo atualizações sucessivas até sua morte, em 1965. O livro continuou a ser atualizado na Espanha, e a mais recente edição data de 2006.

    Linguagem clara, conteúdo bastante atualizado para a época, com muita coisa que ainda é útil hoje. Explicações claras e simples, ilustrações em profusão e um sem-número de assuntos abordados. Recomendadíssimo!

    ResponderExcluir
  5. O 'mestre" Mahar postou em seu blog, algumas semanas atrás, um video feito pela chevrolet nos anos 30 ensinando o funcionamento do diferencial.
    Eu fiquei emocionado de ver a simplicidade e a eficiência com a qual o filme foi feito.
    Um exemplo de que a competência pra ensinar, e o prazer de aprender, nem de longe está vinculado ao nosso " mundo modernoso de traquitanas eletrônicas desnecessárias, onerosas e enchedoras de saco ".
    Saudações a todos os colegas!

    ResponderExcluir
  6. Muito bacana a sugestão AC.
    Eu sou apaixonado, doente, com carros, mas sou programador de computadores. Com isso só sacio minha vontade de aprender automobilismo por meios literários.

    Seria interessante se em um momento qualquer, os colunistas do autoentusiastas, junto com o público, elaborassem um post com uma seleção de livros e documentos. Com isso, até futuros leitores poderiam, através da pesquisa, encontra-los. Fica a deixa...

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  7. Caramba, eu tenho esse livro! Me considero um afortunado por isso. É realmente muito completo e bem ilustrado.

    Agora fiquei curioso Alexandre, que livros seriam melhores que este? acho difícil isso acontecer... hehehe

    ResponderExcluir
  8. Esse foi o primeiro livro que peguei para ler na minha vida. Tenho ele até hoje, era do meu pai e tem até uma marca de sangue meu que acabei cortando o dedo quando era criaça e foleava as suas páginas que de tão novas e duras cortou o meu polegar como uma navalha.
    Aprendi até a dirigir lendo esse livro. Aborda a escolha das ferramentas, condução segura e econômica em todas as situações como neblina neve e situações de emergência, mecânica, elétrica, reparos na carroceria, instalação de acessórios o ambiente da garagem com projeto de bancada. Fantástico, os diagramas muito bem desenhados e as situações de estrada criadas com miniaturas de carros e maquetes fotografadas.

    ResponderExcluir
  9. AC;

    Melhor que esse livro só os manuais de manutenção de cada carro, tão comuns no exterior e que sumiram no Brasil.
    Em outros países, são vendidos em banca de jornais ou até no metrô.
    Me preocupa essa falta de orientação pois nossos mecânicos depois que saem do Senai, só conseguem atualizar o seu conhecimento com os manuais dos Scanners, vendidos a peso de ouro por meia dúzia de empresas.
    O resto aprende-se na marra.
    Triste...

    ResponderExcluir
  10. Rafael Bruno11/03/11 11:57

    Acabo de comprar o meu..
    boa dica!

    ResponderExcluir
  11. Eu tenho o Manual de Tecnologia Automotiva da Bosch, tem vários assuntos como eletrônica, motor, suspensão..

    Vou procurar este livro do post

    ResponderExcluir
  12. Sobre o manual dos automóveis, tb tenho este livro, só não me lembro em qual edição. Sei que é das primeiras, antes de 1960. Comprado em sebo.

    Sds,

    Cristiano Zank.

    ResponderExcluir
  13. Muito bons são os livros do Amaury F. de Almeida!

    Ele escreveu os livros Conheça seu Opala, Conheça seu Volkswagen, Conheça seu Passat, Conheça seu Corcel, eu acho que tem mais, mas não me lembro.

    Muito boa também é a Revista Oficina Mecânica, da Sigla Editora, apesar do papel estranho, e fotos em preto e branco, todo o material é de primeira, inclusive com reportagens do Bob Sharp!

    Alguns livrinhos da Castrol e, se não me engano uns livrinhos da Shell, com dicas de direção e mecânica que saiu nos anos 80, com o nome de Shell responde.

    Cara, são 13:22h, tô com fome e não consigo me lembrar de mais nada!

    Talles

    ResponderExcluir
  14. Olá.Existe uma versão completa para download desse livro no DREAMULE.
    É só instalar o programa e pesquisar como "BIBLIA DO CARRO"

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. É excelente, eu digo isso por que o possuo, fala tudo muito bem explicado e ilustrado, e a parte de faça você mesmo é muito bem explicada, até mesmo um leigo pode entender e conseguir fazer...
    Recomendo:
    Manual BOSCH De Tecnologia Automotiva - Editora Edgard Blucher
    Mecânico de Automóveis - Editora Hemus

    Anderson www.carrosinfoco.com.br

    ResponderExcluir
  17. Possuo e leio sempre este belo livro que foi de meu pai, e desde pequeno o folheava, achando o máximo as ilustrações ! Sensacional !

    ResponderExcluir
  18. KK

    Eu tenho essa Bíblia do Carro, dá pra baixar aqui. Mas será que é o mesmo livro?

    ResponderExcluir
  19. Homem-Baile
    Você não tem uma bíblia, mas A Bíblia. Esse livro do Arias-Paz é o melhor que já vi até hoje. Tenho um, mas está com meu irmão no Rio. É edição do começo doa anos 70, só imagino quão boa deve ser a de 2006.

    ResponderExcluir
  20. Caramba, AC

    Lembrei-me agora do meu finado avô, que me deu esse livro qdo eu ainda era um pivete.

    Ele tinha esse livro a um bom tempo na estante da casa dele e, percebendo o meu interesse em automóveis, teve a sensibilidade de me presentear com aquele livro velho que ficava pegando poeira na estante dele.

    Eu lembro que minha mãe ficou espantada de me ver lendo um livro tão grande com uma sede quase insaciável. Fui de cabo à rabo, lendo a história do automóvel (resumida), ferramentas necessárias para poder realizar manutenção do carro em casa, o funcionamento das partes do veículo em si (inclusive na minha edição, de 1976, fala das primeiras bosch jetronic que saíam nas mercedes benz), dos reparos simples, dos "modos de conducção", etc.

    Até hoje eu o consulto para tirar algumas dúvidas. Como os ingleses dizem: "back to basics".

    ResponderExcluir
  21. A Seleções era - e ainda é, por que continua sendo editada - um lixo de revista, coisa que mesmo norte-americanos natos e fanáticos que dormem com a bandeira e batizar os filhos com nomes de heróis nacionais devem achar que ela pega pesado demais na linha editorial de extrema direita. Estranhamente, apesar de pensar desse modo, dificilmente eu saio de um sebo sem um exemplar.
    A literatura que a editora vende, por outro lado é ótima. O manual de primeiros socorros que ela editou em meados dos anos 70 ainda deve ser visto com carinho nesses dias em que um atendimento de urgência pode demorar quase um dia para acontecer...
    Das "bíblias", até hoje só encontrei o Manual Globo do Automóvel e várias edições de revistas Oficina Mecânica e Mecânica Popular. Já ajudam bastante.

    ResponderExcluir
  22. Eu ganhei um livro desses em 1981, se não me engano. Deliciosa leitura para um fanático por carros. Preciso descobrir onde foi parar o meu exemplar nas mudanças de residência (uma parte da biblioteca ficou na casa da mãe, outra na casa dum tio, e por aí vai...).

    ResponderExcluir
  23. Cadê o fidibéqui?12/03/11 21:25

    O AC joga os posts no ar para colher informações e não dá o fidibéqui!

    ResponderExcluir
  24. LuizMelloSampayo12/03/11 22:50

    "O livro do Automóvel" eh claro que oferece com eficiência mt dq existe no universo automotivo, mas não escapa de uma nota talvez polêmica. Quem o tem pode verificar as dicas de reparo das páginas 246/247, me lembram as recomendadas na secção "Dá-se um jeito" da extinta Revista do Automóvel. Desde a primeira vez que alí ví as fotos de um Jaguar sofrendo reparos, constatei que ateh lá na Europa para comprar um usado eh preciso mt cautela. Meu livro eh da edição 5 de 1978, printed in Portugal e veio acompanhado de um suplemento editado no Br que teve a colaboração de José Lago, um dos jornalistas automobilísticos mais respeitados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Luiz!
      Meu nome é Guilherme Lago, e José Lago era meu pai. Eu também tenho um exemplar dessa mesma edição, mas não tenho o suplemento escrito por ele!
      Qual é o tamanho desse suplemento? Você poderia scanear ao menos uma amostra e me enviar?
      Meu e-mail é lago.guilherme@gmail.com
      Obrigado e um abraço!
      Guilherme Lago

      Excluir
    2. Olá, Luiz!
      Meu nome é Guilherme Lago, e José Lago era meu pai. Eu também tenho um exemplar dessa mesma edição, mas não tenho o suplemento escrito por ele!
      Qual é o tamanho desse suplemento? Você poderia scanear ao menos uma amostra e me enviar?
      Meu e-mail é lago.guilherme@gmail.com
      Obrigado e um abraço!
      Guilherme Lago

      Excluir
  25. Pedro Bergamaschi12/03/11 23:09

    Eu também "herdei' esse mesmo livro do mau pai, e devorei ele ainda pequeno... ainda me tira algumas dúvidas...

    Só não sigam os exemplos de reparos na carroceria, por favor... rolinho de tela de arame coberto de massa na caixa de ar não dá!

    ResponderExcluir
  26. Opa, que bacana um post sobre esse livro!

    Eu mesmo já vinha sendo enganado pela memória e tinha mudado o título de "Livro" para "Enciclopédia"... Tinha comentado sobre ele em um post do Felipe Bitu entitulado "1988" - que foi provavelmente a data em que conheci esse livro fascinante.

    Como sempre gostei de ler, vivia pegando coisas da estante - adorava os fasciculos da Enciclopédia CONHECER, que minha avó, professora, sabiamente me indicava a ler - até que uma vez descobri um livro grande, pesado, de capa cinza com garrafais letras pretas na lombada onde estava escrito LIVRO DO AUTOMÓVEL.

    Tratava-se de uma edição de pelo menos uma década atrás (acredito que dos anos 70 ou 60 tanto pelos desenhos como pelos carros mostrados), e que me fascinou desde a primeira orelhada.

    Ela contava tudo sobre automóveis, desde a invenção das primeiras máquinas a motor às inovações tecnológicas desenvolvidas no automobilismo - minha paixão desde que me entendo por gente, mesmo que todos meus familiares e amigos da escola só se interessassem por futebol, vai entender.

    Lembro que a li inteira, por completo, e que o tempo passava rápido enquanto descobria com a maior curiosidade possível todas as explicações técnicas do funcionamento de motores de 2 e 4 tempos, tipos de suspensão, ângulos de convergência, cambagem, e os então grandes mistérios da condução de veículos, onde eram detalhados procedimentos arrancada (que nem sabia do que se tratava, mas jamais esqueci a explicação de acelerar com o pé na embreagem e "largar" soltando o freio de mão), frenagens, controle em curvas com subesterço e sobresterço, direção na chuva (devo ter sido um dos poucos que se preocupava com aquaplanagem aos 8 anos de idade) e ia até a história propriamente dita de modelos célebres, e que se não me engano terminava com projetos do "futuro", onde era citado o então revolucionário protótipo Bertone Carabo, que sempre achei muito similar com outra paixão minha, o Lamborghini Countach.

    Como os amigos leitores acima atestam, esse é talvez o mais importante livro sobre automóveis em língua portuguesa, não apenas pelo conteúdo mas pelo pioneirismo - sua unanimidade deve-se provavelmente ao fato de ter sido, realmente, o único livro de sua época a abordar de maneira tão completa o assunto.

    Meu avô, o dono do livro, está vivo e muito bem, mas tenho certeza que, num futuro distante, quero ser eu o avô a passar esse livro aos netos!

    []'s e parabens pelo post!

    ResponderExcluir
  27. Acho que não tenho nenhum livro que fale exclusivamente sobre a técnica do automóvel.
    Mas tenho um que fala de algo disso e muito sobre a HISTÓRIA do automóvel que é a enciclopédia "Auto Colection" da Del Prado. Não é muito antiga (meados de 2000) e cada fascículo vinha com uma miniatura de muito boa qualidade. http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-169344800-livro-fasciculo-auto-collection-editora-del-prado-_JM

    Outro livro que releio sempre é "A História do Automóvel" da Motor3.

    ResponderExcluir
  28. Eu tinha o "Manual globo do Automóvel", da Editora Globo. Era dividido em vários volumes, mecânica, elétrica, funelaria, etc. Infelizmente eu não tinha todos.

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.